Funk samba “No Momento (100%)” apresenta o novo disco de BNegão & Seletores de Frequência

TransmutAção, terceiro álbum do do coletivo, será lançado em 1° de setembro pelo site da Natura Musical

Redação Publicado em 25/08/2015, às 17h07 - Atualizado às 18h34

Somando
BNegão (ao centro) e banda exploram novos sons.

Ver Galeria
(2 imagens)

BNegão garantiu em entrevista à Rolling Stone que não abandonaria as raízes dos discos anteriores em TransmutAção, terceiro trabalho dele com os Seletores de Frequência. Em “No Momento (100%)”, primeira faixa do álbum a ser lançada, divulgada aqui em primeira mão, o artista cumpre a promessa.

Planet Hemp anuncia apresentação única em São Paulo.

Guitarra funkeada, bateria de samba e metais com muito fôlego acompanham as rimas precisas do vocalista na canção, disponível para streaming e download no site da Natura Musical.

Ouça “No Momento (100%)”:

"Esse som nasceu de uma pilha minha, fui dando a ideia do clima e cada um botou sua criatividade pra trabalhar. Ela foi gravada como uma jam session com a banda e participação do Nobru Pederneiras no baixo. Na sequência fizemos uma edição, como se fosse uma base de rap, e, por fim, fiz a maior parte da letra na madrugada antes de gravar o som. Chegando no estúdio, completei o que faltava. Considero essa uma música perfeita para abrir os caminhos, pois vale como uma carta de intenções, em todos os sentidos. Cem por cento", diz BNegão.

Marcelo D2 não descarta o retorno definitivo do Planet Hemp: “O que era impossível, agora virou possível”.

TransmutAção será lançado em 1° de setembro, a princípio, somente pelo site da Natura Musical. Em 4 de setembro, o álbum estará disponível nas demais plataformas digitais.

Este novo trabalho sucede Sintoniza Lá, eleito o terceiro melhor disco de 2012 pela Rolling Stone Brasil e é lançado nove anos depois do trabalho de estreia Enxugando Gelo. “Há alguns caminhos sonoros que ainda não estão registrados na nossa discografia”, conta BNegão sobre TransmutAção, antes de avisar que o grupo está “ousando muito”.

Emicida expõe a luta de classes e o preconceito racial no impactante clipe de “Boa Esperança”.

Os integrantes trabalhavam em um disco completamente instrumental quando receberam a notícia de que haviam sido contemplados com um edital da empresa de cosméticos Natura. “A partir disso, nós marcamos dois meses de ensaios e começamos a compor as novas canções. As letras são sobre espiritualidade e, acima de tudo, a vida em sociedade”, ressalta o músico carioca, que começou a carreira como membro do Planet Hemp, na década de 1990. Apesar das novas incursões sonoras, o disco – batizado como TransmutAção – não abandonará as raízes do grupo. “Não vamos deixar de lado o hip-hop, o funk da década de 1970 ou a música jamaicana.

Veja a capa de TransmutAção, o novo disco de BNegão & Seletores de Frequência