Furo em The Big Bang Theory? Teoria aponta ‘erro’ nos hábitos de Sheldon

A "falha" no roteiro foi notada no episódio The Dumpling Paradox

Redação Publicado em 26/06/2020, às 18h15

None
Jim Parsons em The Big Bang Theory (Foto: Divulgação / CBS)

Com o passar dos anos, é natural que os fãs ao reverem as séries preferidas encontrem algumas questões ou  "erros" que escaparam da produção na época em foi realizada. The Big Bang Theory, que encerrou em 2019, após 12 temporadas, não saiu ilesa. 

Segundo resgatado pelo Mirror UK, uma teoria pensada por um fã aponta uma questão nos hábitos de Sheldon, interpretado maravilhosamente bem por Jim Parsons. De acordo com a publicação, no episódio sete da primeira temporada, intitulado de The Dumpling Paradox, os personagens Penny, Leonard e Sheldon já haviam se tornado bons amigos e quando uma amiga Christy (Brooke D'Orsay) chega à cidade de surpresa, Penny precisa "fugir" dela, e rapidamente Christy encontra uma companhia: Howard Wolowitz (Simon Helberg). 

+++ LEIA MAIS: The Big Bang Theory: furo na história de Howard é percebido 12 anos depois de ir ao ar

Os amigos, desesperados para ajudar Penny desse desconforto romance entre Christy e Howard, concordaram em deixá-la dormir no sofá deles. Porém, na manhã seguinte, Sheldon quis sentar no lugar dele no sofá para assistir Doctor Who, mas ele não podia porque Penny estava lá.  "Todo sábado, desde que moramos neste apartamento, acordei 6h15 com uma tigela de cereal e leite, me sentei nesse canto do sofá e liguei no canal da BBC para Doctor Who", diz Sheldon a Leonard. 

+++LEIA MAIS: Como o elevador de The Big Bang Theory quebrou - e quando consertaram?

No entanto, no fórum MovieMistakes, um fã apontou que Doctor Who não estava sendo exibido em um sábado de manhã e que "a noite de Halo" acontece às quarta-feiras. Ou seja, o fã provou um furo no roteiro com essa teoria facilmente imperceptível, já que aquele dia seria uma quinta-feira, não sábado. 

+++ A PLAYLIST DO SCALENE