Game of Thrones: 5 mortes mais chocantes do penúltimo episódio

O episódio retratou o confronto entre Cersei Lannister e Daenerys Targaryen com o Porto Real em chamas

Redação Publicado em 13/05/2019, às 12h49

None
Emilia Clarke como Daenerys Targaryen (Foto: Divulgação / HBO)

ALERTA DE SPOILER: Não continue lendo se você não viu o penúltimo episódio da última temporada de Game of Thrones 

A verdade é que o quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones foi uma verdadeira carnificina do começo ao fim. Intitulado de The Bells, o episódio finalmente nos deu o confronto entre Cersei Lannister e Daenerys Targaryen com o Porto Real em chamas. Tivemos mortes surpreendentes e batalhas emblemáticas para a série enfim encontrar o seu desfecho. Mesmo que George RR Martin tenha revelado que preferia que Game of Thrones tivesse seguido seus livros à risca

Confira aqui as cinco mortes mais marcantes deste episódio: 

Morte de Lord Varys

No início do episódio, Varys aparece escrevendo uma carta revelando o segredo de Jon Snow: ser um Targaryen e herdeiro legítimo do trono. Na chegada de Jon a Dragonstone, Varys tenta o convencer em trair Daenerys para que ele, sendo o verdadeiro herdeiro, tome posse do Trono de Ferro, mas Jon se recusa. Enquanto isso, Daenerys confidencia a Tyrion Lannister que sabe que está sendo traída e então leva Varys ao seu fim. Depois de descobrir a sua traição, a mãe dos dragões decide incinera-lo com as chamas de Drogon.

O fim da Companhia Dourada

Na chegada de Drogon e Daenerys ao Porto Real, a Companhia Dourada, que estava do lado de fora protegendo a cidade, foi rapidamente consumida pelas chamas. Cerse viu da janela da Fortaleza Vermelha todo o Porco ser queimado por Drogon.

Lannister e Greyjoy

Depois de Euron Greyjoy e sua frota no mar serem atacados por Drogon e Euron ter sido lançado no mar pelo fogo do dragão, ele finalmente chega a praia do Porto Real e encontra Jaime. Os dois começam uma luta e ficam gravemente feridos. No entanto, Jaime dá um golpe em Euron que acaba morto.

Os irmãos Clegane

Motivada a matar Cersei, Arya Stark e Sandor Clegane chegam a Fortaleza Vermelha, mas ele a aconselha a abandonar o plano de vingança para que ela possa continuar viva, já que o fogo estava consumindo todo o Porto Real. No entanto, Sandor manteve com o plano de matar o seu irmão, Gregor Clegane, escudeiro de Cersei. Nas escadas da Fortaleza, Sandor encontra Cersei, QyburnGregor. Para evitar a luta, Qyburn pede para que Gregor fique ao lado de Cersei, mas ele se recusa e mata Qyburn. O caminho fica livre para que a rainha possa fugir, enquanto os irmãos começam a lutar. Mesmo com os golpes de espada, nada parece ser o suficiente para Gregor, e então, Sandor decide agarrar o irmão para que eles caiam juntos do alto da Fortaleza Vermelha que está em chamas.

O adeus dos Lannister

Em meio ao caos, temos o reencontro de Jaime e Cersei no cômodo em que o mapa de Westeros foi pintado no chão. Os dois se abraçam e caminham juntos para a parte inferior da Fortaleza Vermelha. Cersei chora por não querer morrer e implora para que o filho deles sobreviva. Jaime a consola e diz que "só os dois importam", como ele disse em todas as vezes em que seus filhos morreram. Na sequência, eles são soterrados pelos escombros da Fortaleza.

Daenerys como Madqueen

A mãe dos Dragões, mesmo não que não tenha sofrido um arranhão sequer, foi responsável por todo o desenrolar das mortes do episódio. Afinal, mesmo depois de ouvir o toque do sino, que simboliza a rendição, Daenerys se apropriou do destino de madqueen e decidiu, em cima de Drogon, continuar colocando fogo nas tropas de Cercei, na Frota de Ferro e em todos os civis que estavam na cidade. O que era de se esperar já que como Targaryen havia avisado que conquistaria o trono com fogo e sangue.

No próximo domingo, 19, o último episódio de Game of Thrones vai ao ar na plataforma de streaming da HBO Go simultaneamente à exibição nos Estados Unidos. Confira aqui as três previsões para o final da série.

Para quem já está sofrendo com o fim da narrativa, George R. R. Martin revelou que um spin-off será gravado em 2019 e outros dois estão a caminho

+++ De Everest a Frank Sinatra: 16 histórias que todos os fãs de Beatles deveriam saber