Game of Thrones: Tudo o que sabemos sobre a 8ª e última temporada

Mas ainda resta saber: quem sentará no Trono de Ferro?

Yolanda Reis Publicado em 15/03/2019, às 08h00

None
Daenerys e Jon Snow, em cena do trailer da nova temporada de Game of Thrones (Foto: HBO)

Os fãs de Gameof Thrones já podem começar a contagem regressiva para a despedida da série. A última temporada estreia em um mês, no dia 14 de abril. Chegou a hora de dizer adeus aos dragões, guerreiros, lutas políticas, e aos Lannisters e Starks. E, é claro, descobrir quem sentará definitivamente no cobiçado Trono de Ferro.

Pouco a pouco, a HBOdivulga alguns detalhes, escondido escondido nos trailers, teasers ou nas entrevistas prévias à estreia da série. Tudo isso aumenta a expectativa para a conclusão da série.

Juntamos aqui tudo que já sabemos sobre a temporada final. Vamos lá?

(Atenção, não custa dizer de novo que aqui trataremos de spoilers das temporadas anteriores e teremos algumas teorias sobre o que pode acontecer no 8º ano da série, tá?)  


Cada episódio será como um filme

Os seis episódios da série têm uma duração maior que a média de 45 a 55 minutos das temporadas anteriores. Richard Plepler, diretor da HBO, garantiu que os episódios são “como filmes”.

“É um espetáculo. Os caras fizeram seis filmes. A reação que eu tive quando estava assistindo foi ‘Eu estou assistindo um filme’. Eles sabiam que a expectativa estava alta. E eles a superaram. Eu assisti duas vezes sem qualquer efeito visual e fiquei impressionado. Todos terão um verdadeiro deleite extraordinário de narrativa e uma produção mágica, mágica”, revelou à Variety.

Os dois primeiros episódios terão uma hora de duração, e os 4 últimos contarão com nada menos do que 1h20 cada um.

Quem vai sentar no Trono de Ferro?

Essa é a maior pergunta de todas. A trama do final de Game of Thrones foi mantida em segredo. Os teasers foram enigmáticos e rápidos, sem informações concretas, e os atores, obviamente, não estavam autorizados a revelar nada da trama. Mesmo assim, dá para chegar a algumas suposições sobre o que acontecerá nos seis episódios da temporada, como vocês podem ler nos tópicos a seguir. 

Túmulos da família Stark? 

O primeiro teaser da temporada chegou no meio de janeiro com focou na família Stark. Uma análise apresenta a possibilidade de que a trama se desenvolva no conflito Starks vs Rei da Noite, trazendo para Jon Snow (Kit Harington) a responsabilidade de vencer a grande batalha.

A primeira coisa que vemos no vídeo é o bastardo de NedStark entrando nas tumbas da família. Arya (MaisieWilliams) e Sansa (Sophie Turner), suas irmãs, logo juntam-se a ele, e os três caminham juntos. Bran (Isaac Hempstead-Wright) não está com eles.

Conforme andam, passam por túmulos de seus ancestrais e ouvem frases ditas nas temporadas anteriores. A primeira lápide é de Lyanna (Aisling Franciosi), que garante que Jon precisa ser protegido.

Em seguida, Catelyn (Michelle Fairley) lamenta tudo o que aconteceu por sua incapacidade de amar o bastardo de seu marido. E, por fim, Ned Stark (Sean Bean) fala com o filho: “Você [Jon] é um Stark. Pode não ter meu nome, mas tem meu sangue”. A frase indica um possível conflito sobre a identidade de Jon e se ele é ou não um Stark merecedor do trono.

Entre as cenas mostrando os rostos dos irmãos, uma pena preta cai no chão. É a representação de Bran, o quarto Stark, e seu corvo de três olhos.

Nas tumbas, os irmãos Stark então encaram uma perspectiva assustadora: suas próprias sepulturas. A ameaça da morte a ser enfrentada é clara.

E então, o frio. Uma névoa gelada enche o lugar enquanto os irmãos encaram a sua morte. A pena no chão congela. O inverno chegou.

A pena congelada tem a ver com o final da sétima temporada, na qual Bran ultrapassou a muralha. Agora, resta saber se ele é assassinado pelo Rei da Noite, se junta aos White Walkers ou conseguirá se reunir com o restante da família Stark.

Assista ao primeiro teaser:

 

Exército aliado

A HBO lançou durante o Oscar 2019 um trailer de seus lançamentos do ano, incluindo Game of Thrones. Foram apenas alguns segundos de imagens rápidas dos episódios novos e rostos das temporadas anteriores.

O Rei da Noite, os White Walkers e a Muralha são destacadas logo no início do trailer, enfatizando sua relevância na trama. Pensando no teaser anterior, reforça a importância da batalha será travada entre eles e os Stark.

Reforçando um confronto mortal, Arya aparece em um campo aberto, olhando admirada para os céus, sobrevoado pelos dragões de Daenerys (Emilia Clarke). Abaixo deles marcha um exército munido de lanças, espadas e escudos, pronto para a batalha.

Pela alegria que Arya mostra, é possível que Daenerys e os Stark unam forças para derrotar os WhiteWalkers e garantir o Trono para Jon Snow.

E do além-morte, surge no trailer o rosto de Tormund (Kristofer Hivju). O personagem era líder do povo do norte. Sua última aparição foi a Muralha foi destruída pelo Rei da Noite.

 

A última batalha

"Conheço a morte. Ela tem muitas faces. Estou ansiosa para conhecer esse rosto", Arya ameaça um inimigo específico logo no início do trailer mais recente, lançado no dia 5 de março. Com o rosto sujo de sangue, corre, e depois, de modo intimador, ergue uma adaga feita de vidro de dragão. A garota se prepara para enfrentar os White Walkers - e matá-los.

Enquanto isso, seu irmão Jon Snow sente o peso da batalha iminente. Segundo a tradição, vai até a Árvore do Coração, procurando respostas, e visita os túmulos dos Stark em busca de um conselho do além.

Ao lado de Daenerys, também visita os dragões e contempla as armas para o confronto decisivo que se aproxima. "Eles estão vindo. Nosso inimigo não se cansa. Não para. Não sente", diz, preocupado.

Cersei também se prepara para se manter no Trono. Mas não parece querer ajudar os Starks, e sim tê-lo para si. Em um momento de alegria, vê a Companhia Dourada chegando para lutar ao seu lado.

Também mostra um ar melancólico ao aparecer sozinha da Fortaleza Vermelha. A possível gravidez de um filho de Jaime, seu irmão, apresentada na temporada anterior, paira no ar. Mas não se sabe se ela realmente espera um herdeiro ou apenas queria evitar a partida do amado.

O término ocorreu porque Jaime queria se juntar aos Stark na luta contra o Rei da Noite. Ele vai até Winterfell e oferece seu apoio para cumprir a promessa de lutar pelos vivos. Ele então aparece no campo de batalha.

Bran também aparece dando apoio a alguém que não é mostrado. "Tudo o que você fez o trouxe aqui, onde você está agora. Onde você pertence. Seu lar", diz ele, possivelmente com o objetido de acalmar Jon Snow - que parece ter dúvidas se é ou não um Stark digno.

 

Exaustão, alívio, saudade nas gravações

O elenco falou pouco sobre a última temporada - sem revelar algo substancial do enredo. Todos, porém, garantiram que o trabalho foi cansativo, mas valeu a pena. E a produção se revela uma obra-prima que vai deixar saudade para o público e para quem deu vida aos personagens.

Kit Harrington, o Jon Snow, não mediu palavras para descrever o esforço do trabalho, e ficou aliviado com o fim após toda a exaustão. "A última temporada da série parece que foi feita para nos destruir", desabafou à GQ Australia.

"Estava todo mundo acabado no final. Eu não sei se estávamos chorando porque estávamos tristes por estar terminando ou porque estávamos cansados para c******. Nós estávamos em privação de sono. Era como se tivesse sido feito para fazer você pensar 'certo, eu não aguento mais essa p****. Eu lembro de todo mundo vagando por aí perto do fim e dizendo 'eu não aguento mais. Eu amo isso tudo, foi a melhor coisa que já fiz na vida, sentirei falta um dia... Mas já chega", acrescentou.

Emilia Clarke reforçou a ideia da exaustão. “[Foi] provavelmente a gravação mais difícil da minha vida, porque exigia esforço físico, e eu vestia espartilho. Há as [dificuldades com] a localização, o clima é tão extremo, as horas são muito longas e há tanta tensão em cada personagem no final. É exaustivo'', desabafou à Harper’s Bazaar.

Contou também, contudo, como evoluiu imensamente no papel de Daenerys. ''A Emilia da 1ª e 8ª temporada são duas mulheres incrivelmente diferentes.”

Maisie Williams, a Arya, mostrou-se mais saudosa e menos irritada com a maratona de filmagens. "Ninguém vai ficar satisfeito [com o fim da série]. Ninguém quer que acabe, sabe, mas estou muito orgulhosa dessa temporada final. Sempre tive vergonha de dizer esse tipo de coisa, mas é verdade. Estou realmente orgulhosa do trabalho que fizemos, e [está acabando] na hora certa. Espero que as pessoas gostem", desejou em entrevista à Sky News.