Gavin Russom, do LCD Soundsystem, se revela transgênero

“Eu tentei dizer que era trans antes mesmo dessa palavra existir”, disse ela, em entrevista ao Grindr

Redação Publicado em 06/07/2017, às 15h10 - Atualizado às 15h57

Gavin Russom, do LCD Soundsystem
Reprodução/Facebook

Gavin Russom, integrante do LCD Soundsystem, se revelou como mulher transgênero. Ela detalhou a transição em duas entrevistas publicadas nesta quinta-feira, 6, uma ao Grindr e outra ao Pitchfork, nas quais explica a antiga identificação com o “espectro feminino”. “Esta é a quinta década em que estou viva”, afirmou ao Grindr. “Eu tentei dizer que era transgênero antes mesmo dessa palavra existir.”

LEIA TAMBÉM

Assista ao LCD Soundsystem apresentando “Call the Police” e “American Dream” no SNL

Ouça “Call the Police” e “American Dream”, novas músicas do LCD Soundsystem

Disco de retorno do LCD Soundsystem está finalizado, diz James Murphy

“O que faz com que agora seja diferente de antes é o momento estável em que me encontro”, enfatizou, ao Pitchfork. “Ter trabalhado durante todo o ano passado com o LCD Soundsystem e depois ter tido um tempo para focar em mim mesma foi muito importante. E isso é resultado do que aconteceu. Eu não gosto muito do termo 'se revelar', mas acredito que seja a única maneira de dizer o que preciso.”

Além da longa história com o LCD Soundsystem e com a DFA Records, como percussionista e responsável por sintetizadores, Gavin também tem um projeto solo, no qual lança músicas usando o codinome Black Meteoric Star. Na próxima semana, ela irá fazer a primeira aparição pública como mulher trans ao ser DJ na casa noturna Berlin, em Chicago, nos Estados Unidos.

O recentemente reunido LCD Soundsystem anunciou oficialmente o lançamento do próximo disco de estúdio, American Dream, aguardada sequência de This Is Happening, de 2010. Este ano a banda revelou duas músicas novas, “Call the Police” e “American Dream”.