Geezer Butler acha 'WAP', hit da Cardi B, 'nojento'

O baixista fundador do Black Sabbath achou “um pouco demais” o lançamento da música como single

Redação Publicado em 10/11/2020, às 15h45

None
Montagem de Geezer Butler (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP) e Cardi B (Foto: Reprodução)

Geezer Butler, baixista fundador do Black Sabbath, resolveu dar a opinião dele sobre “WAP”, hit de Cardi B com Megan Thee Stallion. Segundo o baixista, a música é “nojenta”. As informações são do site Consequence of Sound.

+++LEIA MAIS: Sharon Osbourne revela que Geezer Butler e Bill Ward são 'pagos para tocar': 'Ozzy e Tony são todos do nome Black Sabbath'

Na época do surgimento do Black Sabbath, a banda de heavy metal também não teve uma excelente recepção. Ela era nomeada como “satanista”, e as músicas como “do diabo”. Em entrevista ao Kerrang!, Butler falou sobre os rótulos envolvendo o mundo musical, mas não deixou de criticar “WAP”:

“Qualquer que seja a nova música lançada, ela é vista como a música do diabo. Lembro-me de quando Elvis apareceu, todos diziam que ele era o Satanás. E então, nos anos 60 e 70, ele se tornou o tesouro nacional da América. Acontece com cada nova onda de música. Como metal, obviamente”, disse o baixista.

+++LEIA MAIS: Primeira viagem de ácido de Geezer Butler, do Black Sabbath, foi ‘horrível’: ‘Achei que tinha virado um esqueleto’

Ele continuou: “Os cristãos estavam ficando loucos quando o Sabbath chegou. E então, quando o rap surgiu, as pessoas ficaram revoltadas com isso e certas palavras que os rappers estavam usando. Devo dizer, porém, que Cardi B me irrita com aquela música ‘WAP’. É nojenta! Mas aí está”.

As críticas de Butler tem relação com a letra da música, como explicou: “Um amigo meu não sabia do que se tratava a música, mas sua filha de 10 anos estava cantando! Eu estava tipo ‘O quê?!’ Para colocar no álbum, é justo. Mas lançar como single? Isso é um pouco demais. Então, novamente, eu tenho 71 anos. Uma cabra velha!”.

+++ LEIA MAIS: Fã reúne 50 clássicos da Disney para fazer paródia de 'Wap' de Cardi B e Megan Thee Stallion

Apesar das reações negativas à “WAP”, outra linha de pensamento vê a canção como forma de empoderamento, na qual Cardi B e Megan Thee Stallion estão expressando total controle da sexualidade.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL