Gene Simmons, do Kiss, achou que fosse morrer ao pegar carona com Eddie Van Halen depois de show do Metallica

O baixista do Kiss explicou que a direção de Van Halen o deixou ‘morrendo de medo’

Redação Publicado em 27/10/2020, às 15h43

None
Montagem de Gene Simmons (Foto: Amy Harris / Invision / AP) e Eddie Van Halen (Foto: Rick Scuteri/AP)

Gene Simmons era um grande amigo de Eddie Van Halen . No entanto, o guitarrista da banda Van Halen quase causou um acidente ao dar carona para o músico do Kiss - e tudo isso após um show do Metallica. As informações são do site NME.

+++LEIA MAIS: Gene Simmons quer que as pessoas parem de reclamar da quarentena: 'Não é sobre você, é sobre o resto de nós’

A carona inusitada aconteceu na década de 1980, início do Metallica. Em participação no podcast The Dennis Miller Option, Simmons falou sobre o momento, após a apresentação da banda de metal na Arena Long Beach: 

"Quando o show acabou, disse [para Eddie]: 'É ótimo ver você. Espero que todos estejam bem. Vou entrar no meu carro e voltar para L.A.’ Então ele disse: ‘Não, cara. Venha comigo. Estou com meu Jeep aqui e vou levá-lo de volta.’ Falei ‘Claro. Certo. Por que não?’ e falei para o motorista da limusine, 'Quer saber? Faça o seu caminho de volta. Vou com esse cara’. 'Bem, tome cuidado com o que deseja", falou Simmons.

+++LEIA MAIS: Eddie Van Halen do início ao fim: do glamour dos anos 1980 à brava luta contra o câncer

O baixista continuou: “Então ele me colocou nessa velha calhambeque sem portas. Você já viu [a série de televisão americana de comédia e drama de guerra] M * A * S * H ​​com aqueles helicópteros que não têm portas e eles estão voando de lado e você acha que vai morrer? Essa coisa não tem portas. Tem cintos de segurança”.

De acordo com Simmons, a direção de Van Halen o deixou com muito medo: “Eddie estava fumando como uma chaminé e dirigindo o que eu pensei ser a 160 quilômetros por hora pela 405 [rodovia]. E estava segurando minha preciosa vida e tentando fingir que sou um cara sem medo e tudo mais. [Estava] morrendo de medo. Disse: ‘Eddie, Eddie, diminua a velocidade’. Um cigarro estava pendurado na boca dele e ele disse: ‘Por quê?’ Não sabia bem o que responder”.

Eddie Van Halen morreu aos 65 anos, no dia 6 de outubro de 2020, aos 65 anos, devido a um câncer.


+++ BK' | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL