Documentário sobre George Harrison poderá contar com faixas inéditas

Com direção de Martin Scorsese, longa-metragem deve estrear em 2011

Da redação Publicado em 20/05/2010, às 17h18

O documentário de Martin Scorsese sobre George Harrison será uma boa oportunidade para os fãs obterem acesso a materiais nunca antes publicados a respeito do ex-beatle. Segundo informou o diretor ao Hollywood Reporter, Living in the Material World: George Harrison, que contará com rascunhos, fotos e entrevistas exclusivas, também poderá trazer faixas inéditas.

"Estamos tentando fazer com que a própria música dele conte a história", disse Scorsese ao site, durante o Festival de Cannes. "As imagens que ele tirou, que Olivia [Harrison] tirou, muito disso ajudará a narrar a história. O filme terá alguns materiais inéditos bastante interessantes." O diretor comentou ainda que a música de George Harrison é de grande importância para ele e que, para a realização do filme, havia o interesse na trajetória do músico como artista.

Durante o intenso processo de pesquisa, Olivia Harrison vasculhou fitas cassetes antigas e descobriu uma, datada de 1966, com faixas que ela nunca havia ouvido. "Esta é uma jornada profundamente pessoal para mim, tem sido torturante", disse a viúva de George. "Eu tenho arquivado coisas há 35 anos. Cassetes e cartas guardadas na gaveta, pequenas coisas, pedaço de papel que você vê escrito 'Cabras no meu telhado'. E aí pensa: o que isto que dizer?"

Atualmente o filme está sendo editado por David Tedeschi e deve ser lançado em 2011, apesar de ainda não haver uma data definida. O título do documentário foi inspirado no álbum Living in the Material World, lançado pelo guitarrista em 1973. Scorsese e Olivia Harrison, viúva do músico, disseram durante o evento que a busca de George pelo equilíbrio entre o físico e o espiritual inspiraram o nome.