George Harrison revelou como ele e John Lennon experimentaram LSD durante entrevista para TV em 1971 [VÍDEO]

Em 23 de novembro de 1971, o beatle mais "quieto" passou pelo lendário estúdio do Dick Cavett Show

Redação Publicado em 23/03/2020, às 09h47

None
John Lennon e George Harrison em 1965 (Foto: AP Images)

Em 23 de novembro de 1971, George Harrison passou pelo lendário estúdio do Dick Cavett Show. Rapidamente, o “beatle tímido” abriu a boca e revelou como ele e John Lennon experimentaram LSD pela primeira vez.  

Meses após o fim dos Beatles, Harrison havia saído da sombra da banda. O disco All Things Must Pass é um dos melhores álbuns de estreia solo dos Fab Four - mas ainda não conseguiu evitar perguntas sobre John Lennon, Paul McCartney e Ringo Starr.

+++ LEIA MAIS: Cocaína e problemas técnicos - a última gravação de Paul McCartney e John Lennon

O grande Dick Cavett, que entrevistou alguns dos maiores ícones do século XX, oferece, inicialmente, um breve questionário sobre a televisão americana - da qual Harrison não era fã. Depois, embarca num material mais obsceno, enquanto pergunta sobre a responsabilidade dos Beatles ao tomar drogas, especificamente LSD.

É claramente um assunto delicado para Harrison. O beatle, achando a pressão praticamente insuportável naquela década, recua e cita a entrevista de Paul McCartney sobre o assunto em 1967. Harrison, no entanto, menciona a primeira vez que ele e John Lennon tomaram LSD, dizendo como seu dentista na época dosou a dupla.

+++ LEIA MAIS: Qual é o álbum dos Beatles com mais músicas de George Harrison?

Cavett não se intimida e empurra a responsabilidade mais uma vez, agora em relação à heroína. Algo diz a Harrison que aquilo poderia comprometê-lo, mas responde. Sobre o uso desta droga na cena musical, diz: "Estou realmente sem qualificação para falar sobre heroína, porque nunca a tomei, e não pretendo.”

"Tenho certeza de que é a melhor brisa, é a isso que dizem. Deixa chapado mais rapidamente, mas também mata mais rapidamente. Quero dizer, todas [as substâncias ilícitas] matam você de uma maneira ou de outra."

+++ LEIA MAIS: Ringo Starr disse que "não sabia o que fazer" quando soube da morte de John Lennon

Mais tarde, Cavett continua com mais referências a drogas e rock and roll, sugerindo que Harrison descobriu o poder curativo da música indiana por causa da conexão com os alucinógenos.

O vídeo abaixo mostra Harrison abrindo a boca, e o normalmente quente e amigável Cavett se transformando num interrogador. Esses valores justapostos formulam uma das conversas mais reveladoras da década. Assista:


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA