George Harrison se surpreendeu com John Lennon no último encontro antes do assassinato: ‘Cozinhava e ouvia música indie’

John Lennon morreu baleado em 1980, três semanas depois de lançar o disco Double Fantasy com Yoko Ono

Redação Publicado em 03/02/2020, às 19h04

None
John Lennon e George Harrison em 1965 (Foto: AP Images)

Em entrevista para um canal de televisão suíço em 1990, George Harrison comentou sobre a morte de John Lennon e como foi o último encontro deles.

Ao relembrar o momento que recebeu a notícia que Lennon foi assassinado, o guitarrista disse: “Pensei que talvez ele só tivesse se ferido”. O músico completou: "É difícil aceitar ou acreditar no começo. Tenho certeza que muitas pessoas ficaram tão chocadas quanto eu. É um negócio horrível quando as pessoas são baleadas".

+++ LEIA MAIS: Ringo Starr disse que "não sabia o que fazer" quando soube da morte de John Lennon

Antes do ex-Beatle morrer, Harrison o encontrou no edifício Dakota em Nova York. O guitarrista recordou que se surpreendeu com Lennon na visita. “Ele estava correndo pela casa fazendo o jantar e tocando muita música indie, o que me surpreendeu.”

Harrisonexplicou que Lennon brincava com ele quando o guitarrista tocava uma música indie.

+++ LEIA MAIS: Cocaína e problemas técnicos - a última gravação de Paul McCartney e John Lennon

George descreveu que a morte do amigo não mudou muito a vida dele. "Se ainda estivéssemos trabalhando juntos, isso mudaria mais. Acredito que a vida continua. Então, para mim, não posso ficar triste".

Na entrevista, Harrisonenfatizou que os dois “se encontrariam de novo, em algum ponto”. John Lennon morreu baleado em 1980, três semanas depois de lançar o disco Double Fantasy comYoko Ono. George Harrison morreu em 2001 de câncer de pulmão.


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL