George Lucas se desculpa por críticas a O Despertar da Força

“Eu não em expressei bem e usei uma analogia inapropriada e, por isso, desculpo-me”, escreveu ele em comunicado

Rolling Stone EUA Publicado em 01/01/2016, às 16h20 - Atualizado às 16h26

.
Winslow Townson/AP

George Lucas se desculpou pelos comentários que ele fez a respeito do novo filme de Star Wars, em uma entrevista a Charlie Rose, do Indiewire. Na ocasião, o cineasta havia admitido que ele não admirava tanto a abordagem “retrô” de O Despertar da Força, dizendo que a Disney havia se “prostituído” pelo mercado.

Star Wars: os dez momentos mais marcantes da franquia.

“Eu não em expressei bem e usei uma analogia inapropriada e, por isso, desculpo-me”, disse Lucas em comunicado. “Tenho trabalhado com a Disney há 40 anos e os escolhi para ficar com Star Wars pelo grande respeito que tenho pela companhia e pela liderança [do CEO] Bob Iger. A Disney tem feito um trabalho incrível cuidando e expandindo a franquia.”

“Raramente emito comunicados para esclarecer meus comentários, mas sinto que é importante deixar claro que estou animado que a Disney tem a franquia e está movendo em direções excitante em filmes, televisão e parques. Mais de tudo, estou estarrecido com o sucesso blockbuster do novo filme e muito orgulhoso de J.J. [Abrams, diretor] e Kathy [Kenndey, presidente da Lucasfilm].”

Leia nossa crítica do novo Star Wars.

Lucas acrescentou que a entrevista a Rose foi gravada antes da cerimônia do Kennedy Center Honors – que aconteceu em 6 de dezembro em Washington, DC –, mas foi veiculada depois que O Despertar da Força chegou aos cinemas, em 17 de dezembro, e a cerimônia Kennedy Center Honors foi transmitida apenas em 29 de dezembro.

A Rose, Lucas disse que a Disney não estava interessada nas ideias dele para as sequências. “Eles não estavam muito afim de me envolver, de todo jeito, mas se eu for até lá, vou causar problemas, porque eles não vão fazer o que eu quero que eles façam. E eu não tenho mais controle sobre isso, então tudo que eu faria é estragar tudo”, disse. “Então eu disse: ‘OK, vou seguir meu caminho e deixá-los seguir o caminho deles.”

Veja mais da entrevista de Lucas a Charlie Rose.

Quanto a Star Wars: O Despertar da Força, na ocasião, ele disse que teria uma abordagem diferente, conforme ele já fez quando a franquia ainda estava sob controle dele. “Eles quiseram fazer um filme retrô. Não gosto disso. Em todo filme, trabalhei muito duro para fazê-los diferentes”, disse Lucas. “Fiz completamente diferentes – diferentes planetas, diferentes naves para deixa-lo novo.”

Star Wars: O Despertar da Força já arrecadou mais de US$ 1 bilhão em bilheterias até agora.