George Michael cancela nove datas da turnê australiana

Cantor vai procurar aconselhamento pós-traumático após batalha do ano passado contra uma pneumonia

MIRIAM COLEMAN Publicado em 01/10/2012, às 09h33 - Atualizado às 17h39

AP

George Michael anunciou em seu site oficial, no último sábado, 29, que cancelou uma turnê na Austrália por causa da “grande ansiedade” que ele tem sofrido desde que contraiu pneumonia em novembro do ano passado.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“A título de explicação, tudo o que eu posso dizer por enquanto é que, desde a doença do ano passado, eu tentei em vão trabalhar enquanto tentava superar o trauma que os médicos que salvaram minha vida disseram que eu teria”, disse Michael na declaração. “Eles recomendaram descanso absoluto e um tipo de aconselhamento pós-traumático para casos como o meu, mas eu receio que acreditei (erroneamente) que fazer música e tocar para o público que me traz tanta alegria seria terapia o suficiente.”

Michael foi hospitalizado em Viena (Áustria) ano passado por causa de uma gravíssima pneumonia que o forçou a cancelar as outras datas da turnê Symphonica pela Europa. Ele havia acabado de retomar a turnê e tinha planos de completar as datas de shows no Reino Unido, em outubro. Todas as nove apresentações na Austrália, no entanto, foram canceladas – com reembolsos automáticos.

“Tudo o que me resta é pedir desculpas para os incríveis fãs australianos e prometer que assim que eu completar esses shows no Reino Unido eu receberei o tratamento que está tão atrasado”, escreveu Michael.