Pulse

George R R Martin revela quantas temporadas deveria ter Game of Thrones se seguisse os livros

Série de TV chega ao fim na sua oitava temporada, mas para autor, deveriam ser mais

Redação Publicado em 16/04/2019, às 16h35

None
Sophie Turner como Sansa Tark em Game of Thrones (Foto:Reprodução)

A oitava e última temporada de Game of Thronesjá começou. A última parte da série conta com apenas seis episódios. Mas, se dependesse de George R R Martin, autor dos livros, seriam muitos mais.

Em entrevista ao CBS’ 60 Minutes, o criador de Crônicas de Gelo e Fogo disse que, para desenvolver a trama de todos os personagens, Game of Thronesdeveria contar com, pelo menos, 13 temporadas.

“Não tem como desenvolver todos os personagens, todos os secundários. A série foi 97% fiel na adaptação, mas não totalmente fiel. E nem teria como ser, porque se não teriam que ser feitas mais cinco temporadas”, disse.

A história contada na série vai além da escrita nos livros, e explora o universo criado por Martin de diversas maneiras. Para tudo parecer verossímil e agradável,  David Benioff and Dan Weiss, criadores da adaptação, sempre consultavam o autor original.

Os três se reuniam em conferências de histórias por diversos dias seguidos, e discutiam o enredo e seus pontos principais. Depois, os roteiristas podiam partir daquelas ideias para expandir o trabalho e seguir em direções diferentes dos livros.

Com isso, todo o trabalho ficou diferente - até o seu fim. Martin não falou muito sobre o fim da série, mas garantiu que pode surpreender. “Existe muita diferença em alguns personagens. Muitas pessoas vão achar que o fim criado por Dan e Dave é melhor. E muita gente vai dizer que eles entenderam errado e o fim de George é melhor”, opinou o autor.