Gil abre ano da França no Brasil

Charles Aznavour, ícone da "chanson" francesa, acompanhou o ex-ministro da Cultura em show para os presidentes Lula e Nicolas Sarkozy, no Rio

Da redação Publicado em 23/12/2008, às 13h05

Gilberto Gil, ex-ministro da Cultura, e Charles Aznavour, ícone da canção francesa e freqüente em palcos brasileiros, cantaram nesta segunda-feira para os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy, no Rio de Janeiro. O evento antecipa o ano da França no Brasil, cujas comemorações acontecem durante 2009 e se inauguram oficialmente em abril.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, os presidentes e a primeira-dama francesa, Carla Bruni, saíram antes de acabar o show, "marcado por problemas de som e falhas de estrutura".

Gil, só com seu violão, foi o primeiro a subir ao palco da sala de shows no Rio, cantando somente "Andar com Fé" e "Touche Pas à Mon Pote", esta em francês. Em seguida, Aznavour pincelou suas décadas de repertório, acompanhado de sua orquestra, e foi aplaudido de pé.

Para fechar o espetáculo, Lenine cantou, entre outras músicas, o hino ao ano francês no Brasil, de sua autoria. Durante este último show, os chefes de Estado e Carla Bruni deixaram o local.