Glenn Close diz que ‘pode ser legal nunca ganhar um Oscar’

A atriz já recebeu sete indicações ao longa da carreira, mas nunca recebeu a renomada estatueta

Julia Harumi Morita | @the_harumi Publicado em 27/01/2021, às 09h00

None
Glenn Close (Foto: Getty Images / Frazer Harrison)

Glenn Close disse que “pode ser legal nunca ganhar um Oscar”. A atriz participou da série Actors on Actors, da Variety, e foi entrevistada pelo comediante, escritor e produtor Pete Davidson, que perguntou como a artista se sente em relação à renomada cerimônia de Hollywood. (Via Variety)

Com quase cinquenta anos de carreira, a Close foi indicada sete vezes na premiação nas categorias de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, sendo a primeira vez com O Mundo Segundo Garp (1982) e a última com A Esposa (2017). 

“É melhor ser levada em uma cadeira de rodas e receber o prêmio pelo conjunto da obra? Você não tem que fazer um discurso”, disse Close após Davidson brincar e dizer que precisam da ajuda da internet para entregar os sete Oscar que a atriz merece.  

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Close confessou não saber o que dizer sobre a situação, pois é algo que está além dela. A artista ainda disse que só precisa “continuar fazendo o que é bom”, apesar de não se importar de ganhar um Oscar. 

“Você se sente realizado com seu trabalho, e esse é o processo para mim. É o que alimenta minha alma, mas é muito bom quando outras pessoas gostam. Pode ser legal nunca ganhar um [Oscar]. Eu não me importaria de ser levada quando eu estiver velha e babando, e tiver uma peruca grisalha para cobrir minha careca.”

De acordo com a NME, muitos acreditam que Close pode receber uma nova indicação pela performance em Era Uma Vez Um Sonho, filme lançado na Netflix no dia 24 de novembro de 2020. 


+++ OS PIORES FILMES DE 2020 | ROLLING STONE BRASIL