Globo de Ouro 2015: Boyhood e Fargo se destacam na premiação

Longa de Richard Linklater venceu como Melhor Drama, Diretor e Atriz Coadjuvante (Patricia Arquette); séries Transparent e The Affair e longa O Grande Hotel Budapeste também são premiados

Redação Publicado em 12/01/2015, às 01h56 - Atualizado às 03h57

O elenco e o diretor de Boyhood (Richard Linklater) após o filme vencer o Globo de Ouro na categoria Melhor Drama

Ver Galeria
(10 imagens)

Boyhood: Da Infância à Juventude, dirigido por Richard Linklater, foi o grande vencedor do Globo de Ouro 2015. Foram três troféus para o longa que Linklater filmou ao longo de 12 anos, contando uma "história de crescimento": Melhor Diretor, Melhor Atriz Coadjuvante (Patricia Arquette) e o mais importante de todos: Melhor Filme de Drama. A premiação promovida pela Associação Internacional de Imprensa, que foi realizada na noite neste domingo, 11, em Los Angeles, ainda celebrou várias séries mais novatas (e bastante merecedoras), dando destaque para Fargo, que era líder de indicações, Transparent, do serviço de streaming Amazon, que começa a trilhar o mesmo caminho de sucesso da Netflix, e The Affair.

Relembre os melhores momentos das premiações em 2014..

O filme de Birdman, ainda inédito no Brasil, era o que tinha mais chances de se destacar, tendo sido indicado para sete estatuetas, nas categorias Melhor Filme de Comédia, Melhor Ator de Comédia, Melhor Diretor, Melhor Roteiro , Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Trilha Sonora. Porém, o longa que retrata um ator decadente, marcado por um papel de super-herói, ficou apenas com Melhor Ator (Michael Keaton) e Melhor Roteiro (Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. - Birdman). No mais, o russo Leviatã foi considerado o Melhor Filme Estrangeiro e, em um ano relativamente fraco para as animações, Como Treinar o Seu Dragão 2 foi o destaque do gênero.

As dez estreias cinematográficas mais aguardadas de 2015.

Nas categorias televisivas, a série Fargo, líder de indicações, concorrendo em cinco categorias, acabou comprovando seu favoritismo, vencendo na categoria Melhor Minissérie/Filme feito para TV, sendo que ainda rendeu um prêmio de Melhor Ator a Billy Bob Thornton (curiosamente, Martin Freeman, colega de elenco de Thornton em Fargo, estava competindo com ele). Porém, a série empatou em número de prêmios com The Affair, elogiada série do Showtime que surpreendeu ao levar Melhor Série Dramática e Melhor Atriz de Drama (Ruth Wilson). Ainda no quesito surpresas, outra novata: Gina Rodriguez, protagonista de Jane the Virgin, do canal CW, deixou para trás Lena Dunham (Girls), Julia Louis-Dreyfus (Veep), Edie Falco (Nurse Jackie) e Taylor Schilling (Orange Is the New Black).

Conheça as dez séries mais assistidas nos EUA em 2014.

Mais uma vez apresentada pela dupla de comediantes Amy Poehler e Tina Fey (pela terceira e, elas garantem, última vez), o Globo de Ouro seguiu a mesma linha de piadas dos anos anteriores, no melhor estilo "não mexer em time que está ganhando". Maneirismos de Hollywood, machismo na indústria, comentários sobre a obsessão pela magreza e pela juventude marcaram o texto da abertura da premiação. Conforme já havia sido indicado em entrevistas antes da cerimônia, se fizeram presentes os dois assuntos mais relevantes do entretenimento, nos últimos tempos: A Entrevista, que foi usado à exaustão (assista nos vídeos abaixo), e as acusações de estupro a Bill Cosby (que arrancaram reações assustadas da plateia). Em termos de humor, sempre pode-se contar com Ricky Gervais. Ele entregou o troféu de Melhor Atriz de Comédia e já começou o discurso tranquilizando de que não estava ali para polemizar. Mas não se despediu antes de caçoar John Travolta e a já famosa gafe que o ator deu ao chamar o nome de Idina Menzel no Oscar 2014.

Whiplash: Em Busca da Perfeição: o lado perseverante e ambicioso do astro do filme, Miles Teller.

A longa e premiada carreira do astro George Clooney, que além de ator e diretor é um líder para causas humanitárias, foi homenageada com o prêmio Cecil B. DeMille, que todo ano celebra o conjunto da obra de um artista. Julianna Margulies (da queridinha da crítica, mas eterna perdedora, The Good Wife, além de colega de Clooney em ER) e Don Cheadle (de House of Lies, atualmente, e colega de Clooney no filme Onze Homens e um Segredo) fizeram uma introdução irregular sobre Clooney, que foi indicado 13 vezes ao Globo de Ouro, tendo vencido como Melhor Ator de Comédia (em 2000) por E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?, Melhor Ator Coadjuvante (em 2006) por Syriana e Melhor Ator de Drama (em 2010) por Os Descendentes. Ao subir ao palco, Clooney citou o vazamento de informações da Sony, lembrou Robin Williams e Lauren Bacall, que morreram recentemente, mencionou as manifestações que aconteceram no mundo todo por causa dos atentados que em Paris, esta semana, e se disse orgulhoso de ser marido da advogada Amal Alamuddin - o casamento dos dois foi uma das notícias que mais movimentou a indústria de fofocas de entretenimento nos últimos anos, já que Clooney era considerado o solteiro mais convicto de Hollywood.

Com a força de suas atrizes, Trapaça, de David O. Russell, é o grande vencedor do Globo de Ouro 2014.

Veja alguns vídeos com os melhores momentos do Globo de Ouro 2015.

Abaixo, duas piadas discretas: antes de A Entrevista ser manchete, Margaret Cho interpretava uma norte-coreana em 30 Rock, série de Tina Fey. Aqui, além de haver uma brincadeira com isso, Benedict Cumberbatch relembrou o memorável "photobomb" que ele protagonizou no Globo de Ouro do ano passado, quando o U2 estava sendo clicado.

Veja abaixo a lista completa de indicados e, em negrito, os vencedores.

Melhor Comédia – Filme

Birdman

Caminhos da Floresta

O Grande Hotel Budapeste

Pride

Um Santo Vizinho

Melhor Drama – Filme

Boyhood: da Infância à Juventude

Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo

O Jogo da Imitação

Selma

A Teoria de Tudo

Melhor Atriz de Drama – Filme

Jennifer Aniston - Cake

Felicity Jones - A Teoria de Tudo

Julianne Moore - Para Sempre Alice

Rosamund Pike - Garota Exemplar

Reese Witherspoon - Livre

Melhor Atriz de Comédia – Filme

Amy Adams - Grandes Olhos

Emily Blunt - Caminhos da Floresta

Helen Mirren - A 100 Passos de Um Sonho

Julianne Moore - Mapa para as Estrelas

Quvenzhané Wallis - Annie

Melhor Ator de Drama – Filme

Steve Carell - Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo

Benedict Cumberbatch - O Jogo da Imitação

Jake Gyllenhaal - O Abutre

David Oyelowo - Selma

Eddie Redmayne - A Teoria de Tudo

Melhor Ator de Comédia – Filme

Ralph Fiennes - O Grande Hotel Budapeste

Michael Keaton - Birdman

Bill Murray - Um Santo Vizinho

Joaquin Phoenix - Vício Inerente

Christoph Waltz - Grandes Olhos

Melhor Atriz Coadjuvante – Filme

Patricia Arquette - Boyhood: da Infância à Juventude

Jessica Chastain - O Ano Mais Violento

Keira Knightley - O Jogo da Imitação

Emma Stone - Birdman

Meryl Streep - Caminhos da Floresta

Melhor Ator Coadjuvante – Filme

Robert Duvall - O Juiz

Ethan Hawke - Boyhood: da Infância à Juventude

Edward Norton - Birdman

Mark Ruffalo - Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo

J.K. Simmons - Whiplash: Em Busca da Perfeição

Melhor Diretor

Alejandro González Iñárritu - Birdman

Wes Anderson - O Grande Hotel Budapeste

Ava DuVernay - Selma

David Fincher - Garota Exemplar

Richard Linklater - Boyhood: da Infância à Juventude

Melhor Roteiro

Wes Anderson - O Grande Hotel Budapeste

Gillian Flynn - Garota Exemplar

Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. - Birdman

Richard Linklater - Boyhood: da Infância à Juventude

Graham Moore - O Jogo da Imitação

Melhor Filme Estrangeiro

Força Maior (Suécia)

Gett: The Trial of Viviane Amsalem (França)

Ida (Polônia)

Leviatã (Rússia)

Tangerines (Estônia)

Melhor Minissérie/Filme feito para TV

Fargo

The Missing

True Detective

The Normal Heart

Olive Kitteridge

Melhor Série de TV de Comédia ou Musical

Girls

Jane the Virgin

Orange Is the New Black

Silicon Valley

Transparent

Melhor Série Dramática

The Affair

Downton Abbey

Game of Thrones

The Good Wife

House of Cards

Melhor Animação - Filme

Operação Big Hero

Festa no Céu

Os Boxtrolls

Como Treinar o Seu Dragão 2

Uma Aventura Lego

Melhor Atriz de Drama - TV

Claire Danes – Homeland

Viola Davis – How to Get Away with Murder

Julianna Margulies – The Good Wife

Ruth Wilson – The Affair

Robin Wright – House of Cards

Melhor Ator de Drama - TV

Clive Owen - The Knick

Liev Schreiber - Ray Donovan

Kevin Spacey - House of Cards

James Spader - The Blacklist

Dominic West - The Affair

Melhor Atriz de Comédia – TV

Lena Dunham - Girls

Edie Falco - Nurse Jackie

Gina Rodriguez - Jane the Virgin

Julia Louis-Dreyfus - Veep

Taylor Schilling - Orange Is the New Black

Melhor Canção Original - Filme

“Big Eyes” – Grandes Olhos (Lana Del Ray)

“Glory” – Selma (John Legend, Common)

“Mercy Is” – Noé (Patty SMith, Lenny kaye)

“Opportunity” – Annie (Sia)

“Yellow Flicker Beat” – Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1 (Lorde)

Melhor Trilha - Filme

Alexandre Desplat – O Jogo da Imitação

Jóhan Jóhansson – A Teoria de Tudo

Trent Reznor – Garota Exemplar

Antonio Sanchez - Birdman

Hans Zimmer – Interestelar

Melhor Atriz em Série, Filme para TV ou Minissérie

Maggie Gyllenhaal – The Honorable Woman

Jessica Lange – American Horror Story: Freak Show

Frances McDormand – Olive Kitteridge

Frances O’Connor – The Missing

Allison Tolman – Fargo

Melhor Ator em série, Filme para TV ou Minissérie

Martin Freeman – Fargo

Woody Harrelson – True Detective

Matthew McConaughey – True Detective

Mark Ruffalo – The Normal Heart

Billy Bob Thornton – Fargo

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Filme para TV ou Minissérie

Uzo Aduba – Orange Is the New Black

Kathy Bates – American Horror Story: Freak Show

Johane Frogat – Downton Abbey

Allison Janney – Mom

Michelle Monaghan – True Detective

Melhor Ator Coadjuvante em série, Filme para TV ou Minissérie

Matt Bomer - The Normal Heart

Alan Cumming - The Good Wife

Colin Hanks - Fargo

Bill Murray - Olive Kitteridge

Jon Voight - Ray Donovan