Com a força de suas atrizes, Trapaça, de David O. Russell, é o grande vencedor do Globo de Ouro 2014

Outro favorito da noite, 12 Anos de Escravidão ficou com o prêmio de Melhor Filme de Drama

Redação Publicado em 13/01/2014, às 03h31 - Atualizado às 21h28

Jennifer Lawrence
Jordan Strauss/AP

Trapaça, dirigido por David O. Russell, foi o grande vencedor do Globo de Ouro, na cerimônia realizada na noite deste domingo, 12. O filme o fez, contudo, com base na força das personagens femininas que acompanham a trama ao lado de Christian Bale e Bradley Cooper. Amy Adams e Jennifer Lawrence venceram os prêmios que lhe cabiam e colocaram o longa-metragem como o mais importante da noite.

Como Jennifer Lawrence tornou-se a garota mais interessante de Hollywood?

O terceiro troféu levado pela produção foi o de Melhor Filme de Comédia ou Musical, um dos mais importantes do Globo de Ouro. O também favorito da 71ª edição da premiação, 12 Anos de Escravidão, ficou com o outro grande destaque ao ser escolhido como Melhor Filme de Drama.

Veja Jennifer Lawrence e elenco de American Hustle em novos pôsteres.

O longa protagonizado por Chiwetel Ejiofor, que interpreta um homem livre capturado e vendido como escravo, contudo, acabou ofuscado por outras produções na escolha da crítica internacional, já que ficou com apenas um prêmio dentre os sete a que havia sido indicado – o mesmo número de Trapaça, aliás.

Sem dar espaço para longos discursos – bastava o vencedor demorar um pouco mais para que a música já começasse a tocar –, o Globo de Ouro foi pontuado por algumas surpresas e divertidos momentos de descontração. Principalmente quando os surpresos eram os próprios atores vencedores.

TIFF 2013: Vencedor do Festival de Toronto, 12 Years A Slave é retrato brutal da escravidão.

Foi o caso de Elisabeth Moss, atriz de Mad Men, que ganhou o primeiro Globo de Ouro da carreira, na categoria Melhor Atriz Em Minissérie ou Filme Para a TV. “Oh, shit!”, disse ela, ao microfone, com a estatueta em mãos, pelo trabalho na minissérie Top Of The Lake.

Outro impropério foi dito por Aaron Paul, encarnando Jesse Pinkman, da série Breaking Bad, quando o programa recebeu o prêmio de Melhor Série de TV – Drama. “Yeah, bitch", disse Paul (ele usa a expressão de seu personagem com frequência), que acabou não ganhando na categoria individual que disputava.

Breaking Bad, por sinal, levou duas estatuetas na noite deste domingo. Além de Melhor Série de TV – Drama, o programa que chegou ao fim em 2013, após cinco temporadas, viu seu protagonista Bryan Cranston ganhar o primeiro Globo.

Galeria: relembre momentos decisivos de Breaking Bad.

Quem levou no quesito Melhor Ator Coadjuvante, no qual Aaron Paul figurava entre os candidatos, aliás, foi o veterano Jon Voight, por Ray Donovan. Mesmo sendo o quarto Globo de Ouro que o ator levou para casa, ele também vacilou ao tentar agradecer pela honraria.

O microfone, de fato, foi o grande inimigo dos atores e atrizes que passaram pelo palco da cerimônia. Jennifer Lawrence – sempre ela! – ficou nervosa ao receber o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante, o primeiro da noite. A jovem atriz venceu pela segunda vez consecutiva, já que ano passado faturou o Globo com O Lado Bom da Vida, outro filme de David O. Russell no qual ela divide e tela com Bradley Cooper.

Nem mesmo Amy Poehler, que apresentou a festa pela segunda vez, e já está confirmada para o ano que vem, novamente ao lado de Tina Fey, mostrou desenvoltura no momento em que foi anunciada como Melhor Atriz Em Série de TV – Comédia ou Musical. “Eu nunca ganho, não sei o que dizer”, brincou ela, ao palco, logo após dar um beijo na boca de Bono, vocalista do U2, vencedor do prêmio de Melhor Canção Original, por “Ordinary Love”, criada para o filme Mandela: Long Walk to Freedom.

U2 se inspira em Nelson Mandela em nova música; ouça “Ordinary Love”.

Ainda assim, a atriz roubou a cena diversas vezes durante a cerimônia, com imitações e sacadas irônicas disparadas nos intervalos entre os indicados. Ao fim da premiação, ainda encerrou dizendo que “vou para o backstage dar uns amassos no Bono”.

No humor para TV, a grande surpresa da noite foi Brooklyn Nine-Nine, também com dois Globos, desbancando pesos-pesados do gênero, como The Big Bang Theory, Girls e Modern Family. O protagonista da série, Andy Samberg, levou o prêmio de Melhor Ator em Série TV – Comédia ou Musical.

Outra boa surpresa foi a vitória de Alfonso Cuarón, vencedor com Gravidade, diante de produções papa-prêmios como Capitão Phillips (Paul Greengrass), 12 Anos de Escravidão (Steve Mcqueen), Nebraska (Alexander Payne) e Trapaça (David O. Russell).

Crítica - Gravidade, de Alfonso Cuarón, proporciona 90 minutos de agonia - e é ótimo.

O homenageado da noite com o prêmio Cecil B. DeMille, criado para avaliar a carreira toda de um artista, foi Woody Ellen. O diretor não compareceu à cerimônia, mas foi – muito bem – representado por Diane Keaton, uma das muitas musas do diretor.

Se o Globo de Ouro é considerado um dos termômetros do Oscar, Trapaça sai em vantagem na temporada de premiações norte-americana.

Veja a lista dos vencedores do Globo de Ouro 2014:

Melhor Filme de Drama

12 Anos de Escravidão

Capitão Phillips

Gravidade

Philomena

Rush

Melhor Filme de Comédia ou Musical

Trapaça

Ela

Inside Llewyn Davis - Balada de um Homem Comum

Nebraska

O Lobo de Wall Street

Melhor Ator de Drama

Chiwetel Ejiofor, De 12 Anos de Escravidão

Idris Elba, De Mandela - Long Walk to Freedom

Tom Hanks, De Capitão Phillips

Matthew Mcconaughey, De Dallas Buyers Club

Robert Redford, De All Is Lost

Melhor Atriz de Drama

Cate Blanchett, de Blue Jasmine

Sandra Bullock, de Gravidade

Judy Dench, de Philomena

Emma Thompson, de Walt Nos Bastidores De Mary Poppins

Kate Winslet, de Labour Day

Melhor Atriz de Comédia ou Musical

Amy Adams, de Trapaça

Julie Delpy, de Antes Da Meia-Noite

Greta Gerwig, de Frances Ha

Julia Louis-Dreyfus, de À Procura Do Amor

Meryl Streep, de Álbum de Família

Melhor Ator de Comédia Ou Musical

Christian Bale, de Trapaça

Bruce Dern, de Nebraska

Oscar Isaac, de Inside Llewyn Davis - Balada de um Homem Comum

Joaquin Phoenix, de Ela

Leonardo DiCaprio, de O Lobo de Wall Street

Melhor Ator Coadjuvante

Barkhad Abdi, de Capitão Phillips

Daniel Bruhl, de Rush

Bradley Cooper, de Trapaça

Michael Fassbender, de 12 Anos de Escravidão

Jared Leto, de Dallas Buyers Club

Melhor Atriz Coadjuvante

Sally Hawkins, de Blue Jasmine

Jennifer Lawrence, de Trapaça

Lupita Nyong'o, de 12 Anos de Escravidão

Julia Roberts, de Álbum de Família

June Squibb, de Nebraska

Melhor Diretor

Alfonso Cuarón, de Gravidade

Paul Greengrass, de Capitão Phillips

Steve Mcqueen, de 12 Anos de Escravidão

Alexander Payne, de Nebraska

David O. Russell, de Trapaça

Melhor Roteiro

Spike Jonze, de Ela

Bob Nelson, de Nebraska

Jeff Pope Steve, de Philomena

John Ridley, de 12 Anos de Escravidão

David O. Russell, de Trapaça

Melhor Filme Estrangeiro

Azul É A Cor Mais Quente (França)

A Grande Beleza (Itália)

A Caça (Dinamarca)

O Passado (Irã)

Vidas Ao Vento (Japão)

Melhor Canção Original

“Atlas”, de Chris Martin (Jogos Vorazes: Em Chamas)

“Let It Go”, de Kristen Anderson Lopez e Robert Lopez (Frozen: Uma Aventura Congelante)

“Ordinary Love”, do U2 (Mandela)

“Please Mr. Kennedy”, de Ed Rush, George Cromarty, T Bone Burnett, Justin Timberlake, Joel Coen e Ethan Coen (Inside Llewyn Davis - Balada de um Homem Comum)

“Sweeter Than Fiction”, de Taylor Swift (One Chance)

Melhor Trilha Original

All Is Lost

Mandela: Long Walk To Freedom

Gravidade

The Book Thief

12 Anos de Escravidão

Melhor Animação

Os Croods

Frozen: Uma Aventura Congelante

Meu Malvado Favorito 2

Melhor Série de TV – Drama

Breaking Bad

Downton Abbey

The Good Wife

House Of Cards

Masters Of Sex

Melhor Ator em Série de TV – Drama

Bryan Cranston, de Breaking Bad

Liev Schreiber, de Ray Donovan

Michael Sheen, de Masters Of Sex

Kevin Spacey, de House Of Cards

James Spader, de The Blacklist

Melhor Atriz em Série de TV – Drama

Julianna Margulies, de The Good Wife

Tatiana Maslany, de Orphan Black

Taylor Schilling, de Orange Is The New Black

Kerry Washington, de Scandal

Robin Wright, de House of Cards

Melhor Série de TV – Musical ou Comédia

The Big Bang Theory

Brooklyn Nine-Nine

Girls

Modern Family

Parks And Recreation

Melhor Ator em Série TV – Comédia ou Musical

Jason Bateman, de Arrested Development

Don Cheadle, de House Of Lies

Michael J. Fox, de The Michael J. Fox Show

Jim Parsons, de The Big Bang Theory

Andy Samberg, de Brooklyn Nine-Nine

Melhor Atriz Em Série de TV – Comédia ou Musical

Zooey Deschanel, de New Girl

Edie Falco, de Nurse Jackie

Lena Dunham, de Girls

Julia Louis Dreyfus, de Veep

Amy Poehler, de Parks And Recreation

Melhor Minissérie ou Filme Para TV

American Horror Story: Coven

Behind The Candelabra

Dancing On The Edge

Top Of The Lake

White Queen

Melhor Ator em Minissérie ou Filme Para a TV

Matt Damon, de Behind The Candelabra

Michael Douglas, de Behind The Candelabra

Chiwetel Ejiofor, de Dancing On The Edge

Idris Elba, de Luther

Al Pacino, de Phil Spector

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme Para a TV

Helena Bonham Carter, Burton And Taylor

Rebecca Ferguson, The White Queen

Jessica Lange, American Horror Story: Coven

Helen Mirren, Phil Spector

Elisabeth Moss, Top Of The Lake

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme para TV

Jacqueline Bisset, de Dancing On The Edge

Janet McTeer, de The White Queen

Hayden Panettiere, de Nashville

Monica Potter, de Parenthood

Sofia Vergara, de Modern Family

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme para TV

Josh Charles, de The Good Wife

Rob Lowe, de Behind The Candelabra

Aaron Paul, de Breaking Bad

Corey Stoll, de House Of Cards

Jon Voight, de Ray Donovan