“Gostaria que Breaking Bad nunca chegasse ao fim”, diz Aaron Paul

Ator que vive Jesse Pinkman resume os episódios derradeiros da série formam um “passeio sombrio e louco até o último episódio”

Rolling Stone EUA Publicado em 14/08/2013, às 17h17 - Atualizado às 17h18

Aaron Paul
Reprodução

Aaron Paul, que interpreta o queridinho do público Jesse Pinkman em Breaking Bad, série dramática da emissora AMC, participou de uma sessão de “Pergunte-me o que quiser” na noite desta terça-feira, 13.

Os 10 assassinatos mais marcantes de Breaking Bad.

O ator respondeu a perguntas dos mais variados temas, indo do tipo de música que ele tem escutado (Alt-J, The Lumineers e “tudo do Thom Yorke”) até das brincadeiras mais divertidas nos sets de gravação (“a vez em que Bryan Cranston o molhou com uma arma de jogar água que tinha o formato de um vibrador”).

Veja resumo das cinco temporadas de Breaking Bad e vídeo com bastidores da série.

Quando questionado sobre a cena favorita em Breaking Bad, Paul escolheu “a infame cena de jantar com o Senhor e Senhora White”, um hilariante momento da primeira metade da quinta e última temporada da série. “Eu acho que o copo d’água se tornou aquele cobertor de segurança de Jesse de alguma forma e eu amei tudo daquela cena”, disse ele.

Momentos decisivos de Breaking Bad.

Paul também falou sobre como ele se preparou para o papel de Jesse, ressaltando que passou muito tempo com “ex-viciados e usuários” para conseguir se aprofundar mais no tema. “Eu queria tentar trazer o máximo possível de honestidade para este personagem. Eu vi um lado sombrio das pessoas que eu nunca tinha visto antes”, disse ele.

Breaking Bad ganhou uma versão em história em quadrinhos para que os fãs relembre os principais momentos da trama até a quinta temporada. Veja mais aqui.

Quando ele foi questionado se gostou da forma com o que o programa chegou ao fim, Paul mostrou uma mistura de tristeza e humor. “Eu queria que Breaking Bad nunca acabasse. Sou um grande fã do programa e não gostaria de ficar desempregado”, brincou. “Mas depois de ler os últimos oito episódios e entender a direção que os roteiristas estavam tomando, fiquei tão feliz por ver como as coisas terminaram e acho que vocês ficarão felizes também. É um passeio sombrio e louco até o episódio final, mas é divertido. Yeah, bitch”, escreveu o ator, brincando com a forma de Jesse falar.

Questão de química: por dentro da alma obsessivo-compulsiva de Breaking Bad, a série mais pervertida da televisão.

Breaking Bad é exibido, nos Estados Unidos, pela emissora AMC. No Brasil, a série é televisionada pela AXN.