Gotye explica comentários a respeito de Glee

Cantor disse que sua declaração sobre a versão do programa para "Somebody That I Used to Know" foi tirada de contexto

Steve Baltin Publicado em 24/04/2012, às 18h14 - Atualizado às 19h28

Gotye
Divulgação

Após sua apresentação no festival Coachella no último fim de semana, Gotye compareceu a um show intimista e concedeu uma entrevista no Sayers Club, em Los Angeles, diante de cerca de 100 fãs, na última segunda, 23. Antes de tocar algumas canções no evento, que foi apresentado pela estação de rádio 98.7, ele sentou com um dos DJs, que perguntou a ele sobre sua reação à cover de "Somebody That I Used to Know" na série musical Glee.

"Eu acordei e me encontrei numa espécie de furor esta manhã", explicou o cantor, se referindo às suas supostas críticas à versão feita para o programa. Ele explicou que sua frase ("Os vocais estão com aquele estilo pop da série: secos demais, muito afinados e o rock não tem sentido. É como se estivesse sendo tocado dentro de uma caixa de papelão") foi tirada do contexto e que, na verdade, fazia parte de uma resposta de cinco minutos que ele deu, em que o músico explicou como a reverberação pode mudar uma canção. Enquanto ele não deu exatamente um selo de aprovação para a música, ele disse: "Eu achei que foi muito inteligente como [a versão] foi feita por dois caras."

A falta de entusiasmo de Gotye em relação à cover de Glee pode ter tido muito a ver com sua própria aversão à canção e à série. Após terminar um show de três músicas que fez ao vivo, Gotye e sua banda decidiram tocar mais uma, explicando que "parecia muito curto tocar apenas três músicas". Sem Kimbra, ele disse que não seria possível tocar "Somebody That I Used to Know". "Eu acho que já ouvimos muito essa música", brincou. Gotye e sua banda tocaram "Hearts a Mess", então.

"Eyes Wide Open", próximo single do cantor, será, segundo ele, lançado o quanto antes nos Estados Unidos.