Grammy 2021: Conheça Everyday Life, disco do Coldplay indicado a Álbum do Ano

A banda britânica concorre a duas categorias na premiação; confira

Mariana Pastorello | @mari.pastorello (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 14/03/2021, às 14h00

None
Coldplay no 51th Grammy em 2009 (Foto: Frazer Harrison / Getty Images)

A banda britânica Coldplay, formada por Chris Martin (piano, voz e violão), Guy Berryman (violão), Jonny Buckland (guitarra) e Will Champion (bateria) lançou, em 2019, o oitavo disco da carreira, Everyday Life, depois de quatro anos do sucesso A Head Full Of Dreams(2015). 

O grupo é velho de guerra no Grammy. Desde 2002, concorre nas principais categorias e teve apresentações marcantes. No total, são 30 indicações, sendo 2021 a segunda vez com Álbum do Ano. A primeira vez foi em 2009, com Viva La Vida or Death and All His Friends.

+++ LEIA MAIS: Coldplay no Rock in Rio 2021? Jornalista diz que sim

No novo disco, percorreram  caminhos diferentes e inusitados. A banda  se manteve por alguns anos com um estilo musical muito forte e característico, quase com a mesma fórmula (mas sempre com qualidade e talento). Em Viva La Vida or Death and All His Friends (2008) mudaram um pouco, mas no disco seguinte, Mylo Xyloto (2011), voltaram a seguir os padrões de músicas cantantes e animadas, funcionando muito bem nos grandes shows de estádio. 

É clara a ousadia deMartin e seus companheiros ao criar um disco diferente dos trabalhos anteriores da banda. Sem seguir um padrão de estilo, usam e abusam de referências, instrumentos e gêneros musicais. Pode-se observar a disparidade entre as faixas “Arabesque” e “When I Need A Friend”. 

+++ LEIA MAIS: Guns N’ Roses supera Coldplay e tem a 3ª turnê mais lucrativa da história; veja lista

Na primeira, o jazz é elemento dominante. Com participação do saxofonista nigeriano Femi Kuti, o musicista belga Stromae e o conjunto de rock progressivo Karnivool, a música é uma verdadeira festa e explora cada instrumento. “When I Need A Friend” traz um clima gospel melódico, acompanhando a letra sobre amor, fé e paz. 

O disco é dividido em duas partes, cada uma com oito faixas.  É bem eclético. De forma geral,  trata sobre amor, fé, religião e violência. É nítida a vontade de expressão, por isso as músicas são tão impactantes e diversas, atingem o público pela leveza e animação - como em “Champion Of The World”

+++ LEIA MAIS: Miley Cyrus, Coldplay e mais: 7 músicas que foram inspiradas pelo Kraftwerk - e você provavelmente não sabia

Confira o clipe de Everyday Life: 


+++ LAGUM: 'BUSCAMOS SER GENUÍNOS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL