U2, Eminem, Madonna: relembre a noite do Grammy 2001 [LISTA]

Show da cantora abriu edição, banda levou grandes categorias da premiação e rapper causou polêmica ao cantar com Elton John

Gabriela Piva | @gabriela_piva (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 14/03/2021, às 18h00

None
U2 no Grammy 2001. (Créditos: Kevin Winter/Getty Images)

Há duas décadas, a 43ª edição do Grammyaconteceu em fevereiro de 2001 e premiou U2, Lenny Kravitz, Destiny's Child, Madonna. Pela primeira vez na história, a premiação acontece via online neste domingo, 14, devido à pandemia da Covid-19

Na época, shows de Madonna, da banda irlandesa e da girl band com Beyoncé agitaram a noite de 2001. Porém, a apresentação de Eminem e Elton John roubou os holofotes. 

+++ LEIA MAIS: Grammy 2021: como assistir, horário e mais

20 anos mais tarde, o público assistirá Post Malone, Harry Styles, Dua Lipa, Taylor Swift, Billie Eillish de uma maneira nunca vista antes na premiação. Por isso, relembre acontecimentos da 43ª edição do Grammy:


Show de Madonna

Madonna estreou a noite de 2001 com um show de tirar o fôlego. Além de chegar ao palco em uma limousine, a cantora vestia jaqueta de couro, mas despiu-se para exibir camiseta escrita "Material Girl" e referenciar a própria música. Resultado? O público enlouqueceu. 

+++ LEIA MAIS: Quais brasileiros já foram indicados ao Grammy? De Gilberto Gil a Milton Nascimento [LISTA]

A apresentação não foi o único marco de Madonna no prêmio. Indicada a diversas categorias, venceu como Melhor Pacote de Gravação por "Music."


Eminem e Elton John

O holofote da edição ficou com Emineme Elton John: juntos, apresentaram "Stan" do rapper. O ícone do pop substituiu a voz de Didi no refrão sobre fã obcecado.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

O comportamento sexista e homofóbico de Eminem fez o público estranhar o show com John, da comunidade LGBTQI+. O disco The Marshall Mathers  LP (2000), por exemplo, é cheio de versos preconceituosos. 

Além do show, o rapper venceu em algumas categorias: Melhor Performance Solo de Rap com "The Real Slim Shady;" e Melhor Álbum de Rap por The Marshall Mathers LP.

+++ LEIA MAIS: Grammy 2021: Tudo o que sabemos sobre as apresentações da cerimônia

O cantor, chamado no prêmio de "Sr. Polêmico," cutucou a onça com vara curta no discurso: "O que eu deveria dizer primeiro? Quero agradecer a quem superou a polêmica do disco e pôde olhar o que o disco é... e também pelo que não é."


Destiny's Child

Outra apresentação de tirar o fôlego foi a da girl band. Beyoncé seguia ao lado de Kelly Rowland e Michelle Williams para apresentar grandes hits do grupo.

+++ LEIA MAIS: 5 músicas incríveis de After Hours, disco do The Weeknd esnobado pelo Grammy 2021

O trio apresentou músicas como "Say My Name" e "Independent Woman." O terceiro single de The Writing's On The Wall(1999) venceu nas categorias Melhor Canção R&B e Melhor Performance R&B de Dupla ou Trio.


Grandes prêmios da noite

Parece ter sido ontem: Bon Jovidisputava com Creed, Foo Fighters, Red Hot Chili Peppers e U2pelo prêmio de Melhor Dupla ou Grupo de Rock com Vocal. Canções de sucesso até hoje como "It's My Life" e "Californication" eram novidades na época.

+++ LEIA MAIS: Grammy 2021: Conheça Chika, rapper indicada na categoria Artista Revelação

Indicados em três divisões, a banda irlandesa venceu Música do Ano, Melhor Dupla ou Grupo de Rock com Vocal e Gravação do ano por "Beautiful Day." Com isso,U2foi o grande vencedor da noite.

Outras categorias importantes do Grammy, como Álbum do Ano e Artista Revelação, ficaram com Steely Dan, por Two Against Nature, e Shelby Lynne, respectivamente.  

+++ LEIA MAIS: Zayn critica Grammy Awards: 'Fod*-se o Grammy e todos associados'

+++ HAIKAISS: 'O TRAP TAMBÉM PASSA UMA MENSAGEM CONSCIENTE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL