Gravadora acusada de usar programa pirata em escritório

Fabricante de software de rede quer cerca de R$ 825 mil de indenização

Da redação Publicado em 31/03/2008, às 16h22 - Atualizado às 17h50

A fabricante de programas de computador PointDev está movendo uma ação contra a Sony BMG por uso de versão pirata do programa Ideal Migration, que faz transição de arquivos de um para outro servidor de rede online.

De acordo com a empresa francesa, 4 dos computadores da gravadora têm cópia ilegal do programa. A descoberta surgiu quando alguém da área de tecnologia da Sony BMG solicitou suporte técnico do Ideal Migration para a PointDev, que estima, ainda, que 47% dos softwares usados pelo selo são falsos.

A PointDev informou em comunicado em seu website que quer aproximadamente R$ 825 mil de indenização da gravadora (300 mil euros). Um dos blogs da revista Wired informa que a Sony pediu para o jornal francês La Provence para pôr panos quentes na notícia, com medo de que sua credibilidade ficasse manchada, principalmente nos grupos pró-pirataria e pró-democratização fonográfica na internet. A matéria foi publicada no periódico mesmo assim.