Green Day: Billie Joe queria "deixar todo mundo mal" com ataque de raiva durante show histórico no iHeartRadio

Em entrevista, o músico falou sobre a apresentação da banda em 2012, quando quebrou a guitarra no meio do palco depois de xingar bastante

Redação Publicado em 16/09/2019, às 15h20

None
Billie Joe Armstrong, vocalista do Green Day (Foto: Stephan Solon/Divulgação)

Em conversa com a ALT 98.7 FM, o vocalista e guitarrista do Green Day, Billie Joe, relembrou o show da banda em 2012, no iHeartRadio Festival. Na ocasião, o músico ficou chateado pelo fato do tempo de apresentação ter sido diminuído de 45 para 25 minutos para dar mais tempo a Usher,

Enquanto o Green Day apresentava "Basket Case," Billie Joe parou de cantar. "F***-se essa m****," gritou. "Me dá um tempo, só tenho mais um minuto no palco. Vocês só vão me dar a p**** de um minuto? Vocês estão me f******! Olha aquela m**** de aviso! Um minuto! Eu faço música desde a p**** de 1988, mas que m****! Eu não sou a p**** do Justin Bieber, seus filhos da p***. Isso é a p**** de uma piada! Agora meu tempo acabou, mas deixa eu te mostrar a p**** de um minuto," ele disse, quebrando a guitarra que usava no pescoço.

+++LEIA MAIS: Baterista do Green Day destrói violão de Billie Joe em vídeo que pode indicar nova turnê; assista

Questionado sobre o ocorrido nesta semana, Billie Joe respondeu: "Eu acho estranho. Eu acho que tem muitas pessoas no rock e o problema com o rock é que a maioria das pessoas está tentando escrever a música do ano para se sentir bem ou algo assim."

O músico complementou, afirmando que para ele o rock é "para fazer você se sentir triste, e essa foi a intenção da última vez que estávamos no iHeart festival. Para mim, eu estava 'Eu quero que todos se sintam mal'[risos]."

+++LEIA MAIS: Green Day toca de Nirvana a Rolling Stones em show só de covers; assista

Sobre a política envolvida no álbum novo da banda, Billie Joe respondeu: "Eu acho que há coisas novas no álbum, mas não é bem apontando o dedo ou algo." O músico complementou, e disse que a administração atual do país o deixa com "diarreia."

Na visão do vocalista, o próximo álbum do Green Day - Father of All... (The Motherfuckers) - é "super rock 'n roll", e mexe com mais garage, soul e um pouco de glam e pop: "A gravação inteira tem apenas 26 minutos de duração, eu acho que é a mais curta já feita pela banda, mas é apenas música rock n roll direta." 

O novo disco Father of All... tem lançamento previsto para o dia 7 de fevereiro, e será o 13º trabalho da banda.