My Chemical Romance anuncia que a banda acabou

O grupo existia desde 2001 e lançou quatro discos de estúdio

Miriam Coleman Publicado em 23/03/2013, às 12h35 - Atualizado às 12h52

My Chemical Romance
Divulgação

Depois de 12 anos, o My Chemical Romance anunciou o fim da banda. Eles postaram o comunicado informando sobre a decisão no site da banda na noite da última sexta, 22.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Ter feito parte dessa banda nos últimos 12 anos foi uma verdadeira benção”, diz o texto. “Chegamos a lugares que nunca imaginamos que chegaríamos. Tivemos a oportunidade de ver e experimentar coisas que achávamos impossíveis. Compartilhamos o palco com pessoas que admiramos e, o melhor de tudo, com nossos amigos. E agora, como acontece com todas as coisas boas, chegou a hora do fim. Agradecemos o apoio e por terem feito parte dessa aventura.”

O grupo, formado em 2001, pelo amigos de escola Gerard Way e Matt Pelissier, foi muito grande na época do auge do emo, embora sempre tenha negado o rótulo. Depois do disco de 2004 Three Cheers for Sweet Revenge se tornar um sucesso, eles fizeram turnê com o Green Day e foram um dos headliners da Warped Tour de 2005. Aproveitando esse grande momento, o My Chemical Romance lançou o ambicioso álbum conceitual The Black Parade, em 2006, chegando ao segundo lugar das paradas. O último trabalho de estúdio do grupo, Danger Days: The True Lives of Fabulous Killjoys, saiu em 2010.

"Acima de qualquer tristeza, o que sinto mais é orgulho”, disse Way no Twitter.