Guitarrista de Raw Power retorna aos Stooges

Iggy Pop convocou James Williamson de volta à banda reencarnada em 2003; ele entra no lugar de Ron Asheton, morto em janeiro

Da redação Publicado em 04/09/2009, às 11h31

James Williamson não dividia palco com os ex-parceiros do Stooges há 35 anos. Por isso mesmo, o guitarrista se surpreendeu quando Iggy Pop, frontman do grupo norte-americano, lhe telefonou. "Ele me perguntou se eu queria tocar guitarra de novo", disse o músico à Rolling Stone EUA.

Isso significa que a banda, extinta em 1974 e de volta à ativa desde 2003 está prestes a engatar o bom e velho rock 'n' roll.

Os primeiros shows já estão marcados: 2 e 3 de maio, no festival londrino All Tomorrow Parties. Williamson ensaia há um mês em Los Angeles com o baixista Mike Watt, o baterista Scott Asheton e o saxofonista Steve McKay. Pop, por enquanto, não vai ao estúdio.

Em maio, o vocalista anunciou a decisão de convocar o velho colega de volta à trupe. Ele entra no lugar do guitarrista Ron Asheton, morto no início do ano, em sua casa em Ann Arbor, Estados Unidos, após sofrer ataque cardíaco.

Quando recebeu a ligação de Pop, Williamson estava no estacionamento, a caminho do dentista. "Eu estava à beira de adiantar a aposentadoria do meu emprego no Silicon Valley [epicentro tecnológico dos EUA], então pensei: 'Que se dane, vamos fazer isto'", explicou o músico de 59 anos, que ingressou nos Stooges em 1971 e coescreveu Raw Power (1973) com Pop.

O fim da primeira encarnação da banda não significou igual destino à parceria dos dois - eles chegaram a gravar material juntos por alguns anos (Kill City, de 1977, é dessa época), até a situação chegar ao ponto do insuportável nos estágios iniciais de Soldier, quarto álbum solo de Pop. E foi cada um para seu lado.

A reforma da banda no século 21 excluiu Williamson. Até agora.

O fato de eles não se falarem por 20 anos, segundo o guitarrista, ajudou a curar as feridas. Em 1982, fora da cena musical, Williamson começou a trabalhar num setor em expansão: computação. Pelos últimos 12 anos, capitaneou um departamento de tecnologia na Sony.

Os ensaios com Pop acontecerão a partir do próximo dia 20. A ideia é reencontrar a sintonia com músicas de Raw Power, Stooges, Fun House e Kill City (só o último realizado após desmembramento da banda nos anos 70).

Por ora, a apresentação londrina é a única na agenda. Mas Williamson espera ver mais datas neste calendário. Quer, também, voltar a compor junto ao amigo de velha data. "Nós dois temos uma longa história em escrever novos sons. É, provavelmente, uma aposta segura que cobriremos em algum momento."