Guitarrista do Black Sabbath fará música para a série CSI

“Foi bem diferente trabalhar com imagens em vez de apenas música”, afirma Tony Iommi

Redação Publicado em 30/10/2014, às 15h57 - Atualizado às 18h54

O guitarrista do Black Sabbath, Tony Iommi
Reprodução/Facebook

O guitarrista do Black Sabbath, Tony Iommi, foi ao Facebook nesta quinta-feira, 30, para atualizar os fãs sobre os novos projetos dele. “As pessoas têm me perguntado o que exatamente eu estou fazendo no momento”, escreveu ele. “Bem, estou de volta ao estúdio, depois de ter tentado descansar após as turnês”. Em seguida, Iommi foi mais direto: “[Estou gravando] uma música específica é para um episódio da série de TV CSI”.

Exclusivo: Ozzy Osbourne e Geezer Butler falam sobre o retorno do Black Sabbath em matéria de capa da Rolling Stone Brasil.

“Perguntaram-me se eu estaria interessado, então assisti às cenas e tive uma ideia da qual eles gostaram”, segue a postagem. “Não é [uma canção] muito longa, mas foi bem diferente trabalhar com imagens em vez de apenas música. Certamente, gostaria de fazer mais isso mais vezes”, encerrou o guitarrista, ainda informando que o episódio com a música dele será exibido nos Estados Unidos no dia 9 de novembro.

Dez momentos memoráveis de Tony Iommi com o Black Sabbath clássico.

Não é a primeira vez que o Black Sabbath faz participações em CSI: Investigação Criminal. No ano passado, a banda fez o lançamento do single “End of the Beginning”, do disco mais recente, 13, no último capítulo da 13ª temporada da série. Além disso, outra faixa do mesmo disco, “Dear Father”, foi executada em outro episódio de CSI, exibido em outubro de 2013.

Relembre: Black Sabbath mostra poder de fogo diante de 70 mil pessoas em São Paulo.

Iommi também deixou algumas pistas de que pode estar trabalhando em novas canção para o Sabbath. Ele escreveu: “Estou compondo, na maior parte das vezes, apenas tendo algumas ideias, e não músicas completas. Gosto de criar todo tipo de atmosfera com minha música para depois decidir como elas serão usadas”.

Despedida

O vocalista da banda Ozzy Osbourne afirmou, em entrevista à revista Metal Hammer, que a experiência de criar 13 e entrar em turnê com o álbum foi extremamente positiva. “Depois que a poeira da nossa última excursão baixou, começamos a discutir a ideia. Estávamos sendo questionados sobre isso o tempo todo. Eu falei para a minha mulher: “O que está acontecendo? Porque se não houver mais nenhum [disco] do Sabbath, quero voltar a fazer minhas próprias coisas de novo’. E ela me disse: “Deixe-me ver isso’”, disse Osbourne à revista.

Em 13, Ozzy Osbourne e cia. encerram com competência a maior trajetória do heavy metal.

“Três semana depois, eu perguntei sobre isso de novo e ela disse: ‘Eu ainda preciso conversar e tal’. Respondi: ‘Sharon, não tenho mais 21 anos. Se vamos fazer, quero fazer antes de ter 70 anos. O tempo não está do nosso lado’. Então, ela fez algumas ligações e voltou dizendo que a ‘gravadora quer um novo disco’. Acho que Rick Rubin estará conosco de novo.”

Pressionado sobre um prazo, Osbourne estima que será “o quanto antes”. “Obviamente, muito depende da saúde de Tony e ele está tratando o câncer, mas vamos fazer isso no ano que vem”, disse o vocalista. “Eu não sei se vamos compor na Inglaterra ou em Los Angeles, mas voaria até a lua se precisasse.”