Guitarrista do Queen ganha cargo universitário

Doutor em astrofísica, Brian May vai presidir colações de grau no lugar da ex-primeira dama inglesa, Cherie Blair, em Liverpool

Da redação Publicado em 20/11/2007, às 13h52 - Atualizado às 14h10

O quarteto, a partir da esquerda: Roger Taylor, Freddie Mercury, John Deacon e Brian May
Reprodução

O guitarrista Brian May, do lendário grupo britânico Queen, foi nomeado, na semana passada, chanceler honorário da Universidade John Moores de Liverpool, na Inglaterra. A faixa lhe foi passada por nada menos que Cherie Blair, mulher do ex-primeiro ministro britânico Tony Blair.

May, que obteve seu doutorado em astrofísica neste ano, presidirá colações de grau e representará a universidade em alguns eventos.

A relação do guitarrista do Queen com a academia é antiga: em 1968, ele já freqüentava o Imperial College de Londres; em 1974, entrou na universidade, mas abandonou o curso por causa do megasucesso do Queen. Só voltou a estudar em 2006.

O diretor da universidade, Michael Brown, declarou à imprensa que em tempos de "cultura da celebridade, é raro encontrar quem some notoriedade, riqueza, sucesso mundial e fidelidade aos valores fundamentais do acesso ao conhecimento".

Além de May, o Queen foi formado pelo baterista Roger Taylor, o baixista John Deacon, e o vocalista Freddie Mercury, morto em 1991 por causa da Aids - o que levou ao fim da banda. O quarteto superpopular gravou 15 discos e imortalizou as pérolas "We Are The Champions", "Friends Will Be Friends", "Somebody To Love" e outra dúzia de hits.