Guitarrista do Slayer continuará sem fazer shows por conta de tratamento

Jeff Hanneman permanece em reabilitação devido a uma grave doença na pele, adquirida após uma picada de aranha

ROLLING STONE EUA Publicado em 02/05/2012, às 11h11 - Atualizado às 11h18

Jeff Hanneman - Slayer
AP

Jeff Hanneman continuará sem fazer shows com o Slayer por mais algum tempo. O guitarrista ficará fora da turnê mundial da banda, ainda por conta de complicações de uma doença adquirida depois de ele ter sido picado por uma aranha há cerca de um ano. “Jeff tem feito algumas composições e participou dos ensaios nas últimas semanas, mas decidiu que precisa de mais tempo para seu tratamento”, a banda anunciou em uma mensagem no site oficial.

O músico contraiu fasciite necrosante (conhecida como “bactéria comedora de carne”). De acordo com o comunicado do grupo, o guitarrista por pouco não teve o braço amputado. Na época, ele foi colocado em coma induzido e passou por diversas cirurgias para remover os tecidos mortos. Mas, apesar de tudo, a evolução dele tem sido positiva. “Ele está em reabilitação, fazendo exercícios para recuperar a força do braço, mas, o melhor de tudo, é que ele tem tocado guitarra”, escreveu o grupo. Hanneman, que teve que reaprender a andar depois de passar dois meses internado, subiu ao palco com a banda para o bis no festival Big Four, na Califórnia, no ano passado.

O guitarrista do Exodus, Gary Holt, continuará como substituto na turnê, que começará em 25 de maio, em Londres. Os integrantes do Slayer esperam que Hanneman possa retornar ao trabalho para gravar um novo disco ainda este ano, mas eles deixaram claro que pretendem esperar “o tempo que for preciso” para o guitarrista se recuperar completamente.