Guitarrista do Slayer e Exodus, Gary Holt testa positivo para o coronavírus

O músico disse que já passou pela pior fase da doença

Redação Publicado em 01/04/2020, às 10h26

None
Gary Holt no Rock In Rio 2019 (foto: Renan Olivetti/ I Hate Flash)

Gary Holt , guitarrista do Slayer e do Exodus, foi diagnosticado com o novo coronavírus. Segundo o site NME, o músico foi fazer o teste no dia 20 de março após passar dois dias se sentidinho "moderadamente doente."

11 dias depois do teste, numa publicação já deletada do Instagram pessoal de Holt, o artista confirmou que havia sido infectado. Ele acrescentou que já tinha passado pela maioria dos sintomas antes de receber o resultado e a esposa dele, Lisa Holt, testou negativo.

+++LEIA MAIS: Vocalista do Lamb of God admite ser ‘nem um pouco metaleiro’: ‘Só comecei a ouvir depois dos 20’

"Já faz muito tempo desde os meus sintomas que estou oficialmente livre para fazer as únicas coisas que tenho permissão, como comprar minha própria comida!" ele escreveu para o site Blabbermouth.

“Eu me sinto ótimo, superei os momentos mais difíceis e minha saúde parece 100% normal. Obrigado a todos que nos desejaram melhoras. Agora é hora de começar a trabalhar em alguns novos riffs do Exodus enquanto eu ainda estou basicamente preso em casa! ”

+++LEIA MAIS: Alice Cooper precisou sair ‘correndo’ da Alemanha para conseguir voltar para casa em meio à pandemia de coronavírus

Antes de testar positivo para o Covid-19, Holt estava em turnê na Europa com o Testament e Death Angel. Desde a conclusão dessa turnê, vários membros das bandas também testaram positivo para o coronavírus.

Os infectados foram o baterista do Death Angel, Will Carroll, e o vocalista do Testament, Chuck Billy. Carroll está na UTI de um hospital no norte da Califórnia desde 18 de março, enquanto Billy discutiu recentemente sua experiência com o Covid-19 com a Rolling Stone EUA.


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?