Pulse

Guns N' Roses: 11 fatos sobre os discos Use Your Illusion que todo fã deveria saber [LISTA]

O trabalho completou 28 anos nessa terça, 17, e sua criação envolve cogumelos, overdoses e parcerias

Redação Publicado em 18/09/2019, às 18h39

None
Dois LPs do Use Your Illusion, do Guns N' Roses

O álbum Appetite for Destruction, do Guns N' Roses, pode ter sido o trabalho com mais vendas da banda. Foi com o lançamento do Use Your Illusion, contudo, que Axl Rose e a banda mostraram estar no topo do hardrock.  

+++LEIA MAIS: Há 32 anos, o Guns N' Roses dominava o mundo como os últimos selvagens do rock com o disco Appetite For Destruction

Use Your Illusion são dois LPs lançados no dia 17 de setembro de 1991. Eles foram responsáveis pela ascensão da banda, o que também levou ao começo da separação dos integrantes.

O trabalho, lançado à meia-noite, fez com que várias lojas abrissem de madrugada para vender os discos, e tornou Guns N' Roses uma sensação. Em apenas duas horas, os álbuns   comercializaram mais de 500 mil cópias, e dominaram as paradas. 

No entanto, a fama tem consequências. E foi no auge que a banda começou a desmoronar. IzzyStradlin deixou o grupo, nenhum disco posterior teve a relevância de UYI, e os integrantes não paravam de se desintender. Guns N' Roses se transformou na "banda de Axl", enquanto os músicos se afundavam no vício em drogas.

+++LEIA MAIS: Guns N' Roses deve estar em trilha de novo Exterminador do Futuro

Apesar disso, a importância dos álbuns, é indiscutível para o Guns, e as histórias por trás da criação são muito intrigantes. Os discos tiveram inspirações diversas. Músicas foram baseadas em overdoses, como "Coma" e outras criadas a partir de parcerias memoráveis, como as de Shannon Hoon

E para comemorar o aniversário dos dois álbuns, separamos 11 curiosidades sobre o trabalho do Guns N' Roses. Confira!

1. Os álbuns venderam, realmente, MUITO bem

Em um artigo do New York, de 1991, um porta-voz da Geffen Records falou sobre a venda dos discos. Em duas horas, eles teriam comercializado 500 mil cópias. Os números já são altos, mas ficam ainda mais impressionantes se somados ao fato das grandes varejistas K-mart e Walmart não terem ajudado com as vendas devido ao nível de profanidades nos trabalhos. 


2. Os dois álbuns dominaram as paradas

Use Your Illusion II foi o mais popular dos dois discos, alcançando o primeiro lugar com cerca de 770 mil vendas na primeira semana. Enquanto isso, o Use Your Illusion I comercializou 685 mil cópias. Os dois álbuns dominaram as paradas na semana do dia 5 de outubro, em 1991. 


3. "Fuck you, St. Louis!"

Após o incidente de Axl Rose em um mergulho do palco durante "Rocket Queen", no show em St. Louis em 1991, "Foda-se, St. Louis!" foi incluído nas notas principais dos álbuns. Isso fez com que a banda não pudesse tocar na cidade novamente, retomando às apresentações no município apenas em 2017, 26 anos depois. 


4. "Civil War" realmente levou a uma guerra civil

A música "Civil War" foi a primeira gravada para Use Your Illusion, em um momento em que o baterista Steven Adler batalhava contra o vício em drogas. Apesar de todos os integrantes do grupo terem problemas com entorpecentes na época das gravações, Adler estava na situação mais crítica: quase não conseguia tocar. Após os técnicos do som terem que fazer um malabarismo para conseguir incluir trechos tocados pelo baterista, Adler foi demitido. 

+++LEIA MAIS: Steven Adler fala pela primeira vez após ser hospitalizado: "Estou vivo e bem!"


5. Uma ajudinha do amigo Hoon

O vocalista do Blind Melon, Shannon Hoon, ofereceu vocais em algumas faixas, como "Live and Let Die,” “November Rain,” “The Garden,” “You Ain’t the First” e “Don’t Cry.” A colaboração não parou por aí: Hoon participou do vídeo de "Don't Cry", e apresentou a música algumas vezes com o Guns N' Roses


6. Overdoses

"Coma" é a música mais longa do Guns N' Roses, e foi feita por Slash e Rose. Em uma entrevista à MTV em 1992, Axl Rosefalou sobre a origem da canção: "É o bebê do Slash, mas eu comecei a escrever a letra quando eu cheguei a uma overdose quatro anos atrás. O motivo pelo qual eu tive uma overdose foi estresse, eu não conseguia aguentar. Eu segurei essa lata de pílulas em uma discussão e os engoli. Acabei parando no hospital." A música também é, reconhecidamente, inspirada em uma overdose de Slash

+++LEIA MAIS: Slash ensina namorada a tocar clássico do Deep Purple na guitarra; assista


7. "November Rain" quebrou recordes

A música de quase nove minutos, "November Rain" alcançou a 3ª posição no Billboard Hot 100, fazendo-a ocupar o lugar de canção mais longa no top 10 do ranking. Além disso, outro recorde foi quebrado: o videoclipe da faixa se tornou o mais antigo a atingir a marca de bilhões de visualizações. O recorde foi superado apenas em 2019 por "Bohemian Rhapsody" do Queen

+++LEIA MAIS: Brian May, do Queen, foi proibido de ir a shows dos Beatles - e por isso ele se apaixonou pela banda  


8. Uma cabeça e um braço no lixo

Você acreditaria que o trecho "Encontrei uma cabeça e um braço em um lata de lixo" foi baseado em uma história verdadeira? Pois é, a música "Double Talkin' Jive" começa com essa frase, e ela realmente aconteceu. Policiais encontraram partes de um corpo em um depósito de lixo perto de onde a banda gravava.  


9. Benditos cogumelos

A última música de UYI II é "My Word", canção cuja autoria é atribuída apenas a Rose. O vocalista estava sob efeito de cogumelos alucinógenos quando escreveu. Além disso, os integrantes da banda nem sabiam da existência da faixa, e ela não ficou fora do álbum pela insistência do músico. 

+++LEIA MAIS: Guns N’ Roses: como Axl e Slash tornaram Duff McKagan um músico melhor


10. Uma obra de arte apenas nos teclados

"November Rain" é a balada mais épica das gravações; é conhecida pela sessão orquestral e de cordas. No entanto, elas não eram reais, e foram feitas pelo próprio Rose com tons de teclado. Apenas na gravação do videoclipe houve, realmente, uma orquestra. 


11. Onde está Izzy?

Dois meses após o lançamento do álbum, Izzy Stradlin, na época guitarrista do Guns N' Roses, saiu da banda. No vídeo de "Don't Cry", a falta do músico foi notada. Ele deixou o grupo por divergências relacionadas a como via a banda nos anos de Appetite for Destruction