Guns N' Roses é detido na fronteira do Canadá por posse de arma

“Sabe, isso acontece: não dá para esquecer que você tem a porra de uma arma”, brincou Axl Rose sobre o incidente

Rolling Stone EUA Publicado em 18/07/2016, às 10h31 - Atualizado às 15h13

Axl Rose, do Guns N' Roses, durante com o AC/DC

Ver Galeria
(3 imagens)

O Guns N' Roses tem mantido o melhor comportamento possível desde que deu início à turnê de reunião Not in This Lifetime, com a banda subindo ao palco no horário correto, entre outras coisas. Contudo, a situação mudou um pouco de rumo com a viagem deles para a perna da excursão no Canadá.

A banda foi detida quando entrava no país da América do Norte, já que uma arma pertencente a um integrante da companhia de turnê deles foi encontrada a bordo. O vocalista, Axl Rose, contou a história da apreensão no fim do show do Guns N’ Roses em Toronto, no Rogers Center, na noite do último sábado, 16.

LEIA TAMBÉM

Turnê de reunião Not in This Lifetime passará pelo Brasil

Ex-baterista Steven Adler tocou com o G’N’R

Slash comentou reunião do G’N’R: “Estamos nos dando bem”

Antes de “Out Ta Get Me”, Rose falou sobre o incidente com a arma, com a plateia. “Então, não fomos exatamente presos. Fomos detidos”, disse Rose sobre a parada na fronteira, que aconteceu enquanto eles viajavam de Filadélfia a Toronto. “Eles foram bem bacanas, muito compreensíveis. Sabe, isso acontece: não dá para esquecer que você tem a porra de uma arma.”

Rose ainda acrescentou que “a arma não era minha”. Posteriormente, um representante do Guns N’ Roses confirmou que arma não pertencia a nenhum dos integrantes do grupo.

Na última semana, a produtora Mercury Concerts confirmou que o Guns N' Roses trará a turnê de reunião ao Brasil em novembro. Com o trio da formação clássica – que inclui Rose, Slash e Duff McKagan –, a banda tocará em cinco cidades do país: Porto Alegre (Estádio Beira-Rio, dia 8), São Paulo (Allianz Parque, 11), Curitiba (Pedreira Paulo Leminski, 15), Rio de Janeiro (local a confirmar, 18) e Brasília (Estádio Mané Garrincha, 20).