Guns N’ Roses lançará músicas inéditas em 2015, diz guitarrista

Durante a recente passagem pela América do Sul, que incluiu o Brasil, a banda teve a oportunidade de falar sobre as novas composições

Rolling Stone EUA Publicado em 25/04/2014, às 11h43 - Atualizado às 12h20

Guns N’ Roses em Belo Horizonte
Carlos Hauck/Divulgação

Richard Fortus, guitarrista do Guns N’ Roses, revelou nesta semana que o grupo está “trabalhando em novas coisas”. “A esperança é de que em breve nós teremos novidades para lançar”, disse ele à reportagem da agência Associated Press durante o Golden Gods Awards, em Los Angeles. “Bom, no ano que vem.”

Galeria: as 15 separações mais conturbadas do rock: Guns N’ Roses.

Outro guitarrista do grupo, DJ Ashba, disse que todos os integrantes são compositores e estão gravando ideias nos estúdios que cada um tem em casa e enviando uns para os outros. Eles também aproveitaram a passagem pela América do Sul, com shows no Brasil, para compartilhar ideias de músicas.

Em outubro de 2012, Axl Rose disse que o próximo disco da banda terá um intervalo mais breve do que os 15 anos que se passaram entre The Spaghetti Incident? e Chinese Democracy. “Eu precisei lidar com tantas outras coisas que não têm a ver com a música, mas com a indústria”, disse ele sobre o período. “Foi tanta perda de tempo.”

Guns N’ Roses atrasa somente 25 minutos, faz cover de The Who e mostra os grandes hits em Belo Horizonte.

“Nós vamos para Vegas juntos e acho que durante este tempo vamos conseguir encontrar uma sala e começar a trabalhar em algumas coisas”, disse Fortus, referindo-se à residência do grupo em Las Vegas a partir do fim de maio.

Em São Paulo, o atraso do Guns N’ Roses foi de 1h30. O grupo alternou hits com solos prolongados e fez homenagem a Ayrton Senna. Veja como foi.

As apresentações também marcarão o retorno do baixista Tommy Stinson, que precisou se ausentar de parte da turnê sul-americana para poder se reunir com o Replacements. O antigo baixista da banda, Duff McKagan, preencheu a vaga temporariamente – e a apresentação no Golden Gods foi a última dele.