Guns N' Roses se defende do atraso no Rock in Rio

A banda insiste que não demonstrou nenhum desrespeito aos fãs

Matthew Perpetua Publicado em 13/10/2011, às 12h51 - Atualizado às 12h59

Embaixo de chuva, Guns N' Roses sobe ao palco Mundo no Rock in Rio
Foto: Rodrigo Esper/FlickrRiR

O Guns N' Roses se defendeu das acusações do organizador do Rock in Rio, Roberto Medina, de que a banda demonstrou “falta de compromisso” ao subir ao palco com atraso, durante o evento, no Rio de Janeiro, no dia 2 de outubro. A informação é do site Blabbermouth.

"O Guns N' Roses gostaria de deixar tudo esclarecido sobre o Rock In Rio. A produção inadequada do festival e a chuva pesada atrasaram o evento", disse o agente da banda. "O GN'R subiu ao palco às 2h40 e tocou por duas horas e meia na chuva. O GN'R nunca tentaria propositalmente desrespeitar ninguém, especialmente fãs."

O Guns N' Roses tem uma tradição antiga de atrasar para seus próprios shows. Essa não foi nem a primeira vez que a banda subiu ao palco do Rock in Rio com atraso. Em 2001, o grupo chegou duas horas depois do horário marcado para seu set como headliner.