Pulse

Há 50 anos, os Beatles atravessavam a Abbey Road a pé e criavam uma das capas mais icônicas da história

A foto, feita por Iain Macmillan, foi tirada no dia 8 de agosto de 1969

Redação Publicado em 08/08/2019, às 11h07

None
Capa do disco Abbey Road, dos Beatles (Foto:Reprodução)

No dia 8 de agosto de 1969, o fotógrafo Iain Macmillan registrou um momento simples, mas que viria a marcar para sempre o mundo da música. Em outras palavras, há exatos 50 anos, os Beatles atravessaram a Abbey Road e criaram aquela que seria uma das capas de disco mais icônicas de todos os tempos. 

Com design assinado por John Kosh, diretor criativo da Apple Records na época, esse é curiosamente o único trabalho do quarteto mais famoso de Liverpool lançado (pelo menos em sua versão no Reino Unido) sem o nome da banda ou do próprio disco na capa.

+++Leia mais: Abbey Road: Saiba quem é o homem que aparece ao fundo na icônica capa dos Beatles

A EMI não apoiou de cara essa decisão e, algum tempo depois, Kosh explicou que sua justificativa para que a ideia fosse aprovada foi bem simples: "não precisávamos escrever o nome na capa... Eles eram a banda mais famosa do mundo".

Na manhã em que a foto foi tirada, Macmillan, posicionado em cima de uma escada enquanto um policial segurava o trânsito, teve apenas 10 minutos para conseguir o registro: das 11h35 às 11h45. Isso não se mostrou uma tarefa muito fácil, já que Paul McCartney, integrante que teve a ideia inicial, estava bem focado em concretizar sua visão.

Foram tiradas seis fotos, e todas elas foram analisadas pelo baixista com uma lupa, para ter certeza de que a escolhida estava de acordo com o que havia idealizado.

+++Leia mais: Alguém isolou as linhas de baixo do disco Abbey Road, dos Beatles, e é incrível; ouça

E sabe aquele Fusca branco, parado na rua? Então, depois do sucesso que veio com o álbum, o carro, que pertencia a um homem que morava em um dos flats da Abbey Road, teve sua placa roubada diversas vezes.

Por último, mas não menos importante, a capa do disco foi responsável pela criação de uma das teorias mais malucas da história da música: Paul McCartney já tinha morrido naquela época.

+++Leia mais: Por que Paul McCartney se irritou e abandonou as gravações do disco Abbey Road?

De acordo com os adeptos dessa narrativa fictícia (até que se prove o contrário), a imagem mostra os Beatles andando após saírem do cemitério, como que em uma procissão. Quem lidera a caminhada é John Lennon, todo de branco, representando uma figura religiosa. Ringo Starr, com figurino preto, seria o agente funerário. George Harrison, por sua vez, vestido de jeans, seria o coveiro.

E McCartney descalço seria o cadáver, pois é o único que não está com o passo sincronizado ao dos outros integrantes.

Independente de teorias mirabolantes, ou de detalhes específicos, Abbey Road, lançado pelos Beatles oficialmente em 26 de setembro de 1969, é até hoje um marco histórico na indústria fonográfica, com uma tracklist repleta de clássicos atemporais como "Come Together", "Here Comes the Sun", "Something" e "Octopus's Garden".

LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019