Há 55 anos, acontecia o primeiro Trips Festival, evento que transformou a música psicodélica [FLASHBACK]

O festival contou com Grateful Dead e Jefferson Airplane, e é considerado o início da contracultura hippie em São Francisco, nos Estados Unidos

Camilla Millan I @camillamillan Publicado em 21/01/2021, às 11h49

None
Trips Festival em 1966 (Foto: Reprodução)

Em 1966, Ken Kesey e Stewart Brand criaram um icônico evento de três dias com mistura de música, teatro, luzes pulsantes e muitas drogas. Localizado no Longshoreman's Hall em São Francisco e realizado entre os dias 21 e 23 de janeiro de 1966, o Trips Festival foi um evento marcante para a música psicodélica, além de ser considerado o início da contracultura hippie em São Francisco. 

+++LEIA MAIS: Vocalista do My Chemical Romance, Gerard Way mergulha no rock psicodélico em nova música solo; ouça

Durante a década de 1960, Kesey conduziu diversos “acid tests” ("testes de ácido", em português), que eram grandes festas centradas no uso e defesa da droga psicodélica LSD, conhecida como "ácido" - e que na época não era ilegal na Califórnia. O Trips Festival se consolidou como a extensão desses eventos, levando a música inovadora e show de luzes estroboscópicas a outro nível. 

Promovido como experiência multimídia envolvente e participativa, o evento foi apreciado por milhares de “hippies” sob efeito de drogas. 10 mil pessoas compareceram, e o line-up contava com diversos artistas, como Grateful Dead e Jefferson Airplane


+++LEIA MAIS: Mais de 14 mil gravações de shows do Grateful Dead ficam disponíveis online; ouça

Além deles, outra apresentação foi da banda Big Brother & the Holding Company, que foi formada no Trips Festival. Na plateia estava o pintor e baterista de jazz David Getz, que depois se juntou à banda.

O evento era, de fato, de uma reunião da cena artística underground diversificada de São Francisco. Além de grupos de rock, compareceram artistas de teatro experimental, companhias de dança, artistas de shows de luzes e produtores de filmes.

+++LEIA MAIS: 50 anos sem Janis Joplin: os 7 maiores sucessos, e 7 músicas esquecidas que valem a pena ouvir [PLAYLIST]

Regado ao ponche enriquecido com LSD, o Trips Festival foi uma prévia de toda a contracultura de São Francisco. Apenas um ano depois, em 1967, a área ganhou fama internacional como o paraíso de contracultura e habitat natural de diversos músicos e grupos de rock 'n' roll psicodélico da época, como Janis Joplin, Jefferson Airplane e Grateful Dead.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ PÉRICLES | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL