Há 6 anos, a banda Fun., dona do hit ‘We are young’, anunciou hiato [FLASHBACK]

O grupo lançou dois discos, incluindo o sucesso 'Some Nights', e anunciou a pausa em 2015 - mas até hoje não voltou às atividades

Camilla Millan I @camillamillan Publicado em 16/03/2021, às 17h30

None
Clipe de "We Are Young", da banda Fun.

Famosa por hits icônicos como “We Are Young” e “Carry On”, a banda Fun. teve uma carreira relativamente curta. Formado em 2008, o grupo lançou dois discos, alcançando o auge com Some Nights, e em 2015 anunciou o hiato nas redes sociais - e a pausa continua até os dias atuais.

Nate Ruess, Andrew Dost  e Jack Antonoff integram o grupo, cuja música passeia entre o indie, pop, rock e alternativo. Em pouco tempo, Fun. alcançou o topo das paradas, fez grandes parcerias e ganhou, inclusive, o Grammy.  

+++LEIA MAIS: Música retrô: Como o pop voltou no tempo com discos de Lady Gaga, Dua Lipa e entre outros?

A banda fez sucesso (e continua sendo lembrada) devido à autenticidade e personalidade. Com faixas intensas e um humor peculiar nas letras, Fun. tem a sua importância no cenário musical - e muitos torcem pela volta do grupo.

Discos e sucesso

Em agosto de 2009, a banda lançou o disco Aim and Ignite pela gravadora Nettwerk. O disco conseguiu avaliações muito positivas, mas foi nos próximos anos que o grupo alcançou maior popularidade.

+++LEIA MAIS: 15 anos de 'I Write Sins Not Tragedies', single que colocou o Panic! At The Disco no mapa

Dois anos depois, Fun. se juntou à banda Panic! At the Disco para lançar “C’Mon”, e chegou a abrir a turnê de Vices &Virtues do grupo de Brendon Urie - e em 2012 seria o momento de lançar o álbum Some Nights. Um dos grandes responsáveis pelo sucesso do disco foi o single “We Are Young”, parceria com Janelle Monáe.

A música esteve presente em produções de sucesso, como Gossip Girls, Glee e Chuck, assim como diversos comerciais. Além disso, a canção alcançou o primeiro lugar na Billboard Hot 100. 

+++LEIA MAIS: BTS, Doja Cat e mais: os indicados 'injustiçados' do Grammy Awards 2021

Em seguida, o grupo se apresentou no Saturday Night Live e no MTV Europe Music Awards. Em 2013, a banda Fun. recebeu o Grammy de Artista Revelação e Música do Ano por “We Are Young”. 

Apesar de anunciar, em 2014, o desenvolvimento de um novo disco, o trabalho não saiu - pelo menos por enquanto - e no ano seguinte foi divulgado o hiato do grupo.


O hiato indeterminado

Em fevereiro de 2015, o grupo anunciou nas redes sociais e no site oficial o hiato da banda. Não se tratava de uma separação, mas de uma pausa para os integrantes realizarem outros projetos.

No comunicado, os integrantes escreveram: “Fun não está acabando. A Fun foi fundada por nós três em uma época em que estávamos saindo de nossas próprias bandas. Uma coisa que sempre foi tão especial sobre o Fun é que existimos como três indivíduos na música que se unem para fazer algo colaborativo. Fazemos discos da Fun quando estamos super inspirados para isso.” 

Eles continuaram: “Atualmente, Nate está trabalhando em seu primeiro álbum solo, Andrew está fazendo trilhas para filmes e Jack está em turnê e trabalhando na música dos Bleachers. Nós três sempre seguimos a inspiração onde quer que ela nos leve. Às vezes, essa inspiração leva à música Fun, às vezes leva a empreendimentos musicais fora da Fun. Vemos tudo isso como parte do ecossistema que torna o Fun, divertido.”

No entanto, desde então o grupo não voltou a fazer discos - e deixou saudades em muitos fãs. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ LAGUM: 'BUSCAMOS SER GENUÍNOS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE MÚSICA: BTS, Doja Cat e mais: os indicados 'injustiçados' do Grammy Awards 2021

Neste domingo, 14, aconteceu a 63ª edição do Grammy Awards. Grandes nomes da música foram indicados à premiação como Taylor Swift, BTS, Billie Eilish, Cardi B, Doja Cat, Harry Styles, Dua Lipa, Post Malone, Black Pumas, Phoebe Bridgers, DaBaby, Haim, Megan Thee Stallion e outros.

Muitos ótimos artistas não ganharam nenhuma categoria, porém. Nomes como BTS, Doja Cat e Phoebe Bridgers foram 'injustiçados', 'esquecidos' ao longo da premiação, e saíram de mãos vazias. 

+++LEIA MAIS: The Strokes ganha primeiro Grammy da carreira - e reação dos integrantes é hilária; assista

Listamos abaixo alguns exemplos de incríveis artistas que foram esquecidos pela Academia no Grammy Awards 2021 - e que certamente mereciam mais: 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Confira todos os vencedores da noite

BTS

Após 7 anos de carreira, o BTS recebeu a primeira - e única - indicação na edição de 2021 na categoria de Melhor Performance Pop em Duo ou Grupo com a música “Dynamite”, mas não levou o prêmio. 

Na verdade, o grupo de k-pop foi injustiçado desde as indicações. A boy band merecia ter aparecido em muitas outras categorias - a própria "Dynamite" poderia ter disputado em Música do Ano, ou Clipe do Ano, e Map of the Soul: 7 concorrido em Álbum do Ano, ou Melhor Álbum Pop Vocal

Além do sucesso, Map Of The Soul: 7merecia uma indicação por realmente ser um dos melhores trabalhos do grupo. Com complexidade e profundidade, as músicas são intimistas, repletas de significados e apresentam mais sobre o lado pessoal dos sete integrantes RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V, e Jungkook.

Apesar de não terem ganhado, o BTS fez uma performance impecável de "Dynamite" com coreografia, um cenário maravilhoso e um desempenho espetacular dos sete integrantes - certamente, está entre um dos melhores momentos da noite. 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Confira as melhores performances da premiação


Doja Cat 

Aos 25 anos, a cantora, compositora, rapper e produtora, Doja Cat concorreu nas categorias de Artista Revelação, e Gravação do Ano e Melhor Performance Pop Solo por "Say So" no Grammy Awards 2021.

A artista, porém, não ganhou nenhum dos prêmios. "Say So", por exemplo, teve um sucesso meteórico após viralizar no TikTok e é um dos hits mais queridos de 2020. Outras faixas dela também ficaram bem conhecidas na rede social como "Streets" e "Boss Bitch".

Vale lembrar, no entanto, que Doja se envolveu em muitas polêmicas e foi "cancelada" pela internet algumas vezes. A cantora foi alvo de críticas pelos mais diversos motivos: canções controversas, acusações de racismo e projetos com o produtor Dr.Luke - que protagonizou uma longa batalha judicial com Kesha

+++LEIA MAIS: O Grammy das minas: como 2021 exaltou como nunca antes a produção feminina do mundo da música


Phoebe Bridgers

Phoebe Bridgers é um dos principais nomes da música alternativa atualmente, e ficou bastante conhecida em 2020 com o segundo disco da carreira, Punisher, que também rendeu quatro indicações para a cantora no Grammy Awards 2021.

As quatro indicações conquistadas pela artista norte-americana de 26 anos com o aclamadíssimo disco foram: Artista Revelação, Melhor Performance de Rock, Melhor Música de Rock e Melhor Álbum Alternativo.

Embora tenha sido aclamadíssima pela crítica - por Punishere por ser um grande destaque da música alternativa -, Bridgerssaiu do Grammy 2021 de mãos vazias e não levou nenhum prêmio. 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: 6 músicas para conhecer e amar Phoebe Bridgers


Jhené Aiko

Um dos principais nomes do R&B contemporâneo, com mais de 20 anos de trajetória e uma carreira sólida, Jhené Aiko foi aclamadíssima pela crítica com o terceiro álbum da discografia, Chilombo.

No Grammy 2021, Chilombofoi indicado a principal categoria, Álbum do Ano, além de em Melhor Álbum de R&B Progressivo e em Melhor Performance de R&B pela música do disco "Lightning & Thunder", parceria com  John Legend. No entanto, Jhené Aiko saiu de mãos vazias.

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: 4 curiosidades de Chilombo, disco de Jhené Aiko indicado a Álbum do Ano


Roddy Rich

Um dos jovens mais brilhantes do hip-hop e o artista masculino com mais indicações do Grammy Awards 2021, Roddy Rich, também foi 'injustiçado' e saiu de mãos vazias da premiação. 

O músico estava indicado em Gravação do Ano, Melhor Música de Rap e Melhor Perfomance de Rap por "Rockstar", e "The Box" disputava em Canção do Ano, além de concorrer com a outra música do artista em Melhor Música de Rap, e Melhor Performance de Rap

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Conheça os indicados da categoria Melhor Álbum de Música Alternativa