Hall da Fama do Rock boicotou Motley Crue por mau comportamento, diz Nikki Sixx

Músico também afirmou que a banda não planeja voltar a fazer turnês, mas não descarta se reunir para shows

Redação Publicado em 01/04/2019, às 19h14

None
A banda Motley Crue (Foto: Tenth Street Entertainment)

Nikki Sixx, vocalista do Motley Crue, revelou em entrevista ao Kerrang! nesta quarta, 27, o motivo da banda nunca ter entrado para o Rock And Roll Hall of Fame.

O papo surgiu pois Nikki foi questionado se a banda voltaria a fazer shows. “Eu estava em uma entrevista com o Tommy [Lee, baterista] há umas semanas, e perguntaram se vamos voltar a tocar juntos. E o Tommy disse ‘Eu não sei… Quem sabe, se nós entrarmos no Hall of Fame ou algo assim, a gente podia tocar alguns clássicos. Aí eu perguntei ‘sério?’ e ele ‘por que não?”, relatou o músico.

“Mas não temos planos, realmente. O Hall of Fame me disse uma vez que nunca entraríamos por causa do nosso mau comportamento, então é por isso”, revelou.

Ainda sobre voltar a fazer shows, disse que não sabe se há ou não a possibilidade de acontecer. “Não falamos sobre isso… Mas nós nos separamos por um motivo. Eu continuo dizendo não para voltar, mas se algo surgisse, como um convite para tocar no Super Bowl, talvez a gente se interessasse em fazer. Mas turnês nunca foram discutidas”, completou.

No último dia 22, a Netflix lançou The Dirt, filme sobre a vida “sexo, drogas e rock n’ roll” do Motley Crue durante os anos 80. No longa foram mostrados diversos dos comportamentos que deixaram a banda de fora do Hall da Fama, como o consumo de drogas exorbitante de Sixx ou o acidente de carro causado por Vince Neil quando estava bêbado.