Halloween: Filmes de terror que tiveram sets assombrados [LISTA]

No clima de Halloween, selecionamos clássicos do gênero terror que tiveram bastidores assombrados e elenco amaldiçoado; confira

Itaici Brunetti Publicado em 31/10/2021, às 10h40

None
Poltergeist (Foto: reprodução/ vídeo)

Certos filmes de terror são tão assustadores que, misteriosamente, seus sets de filmagens e bastidores são repletos de acontecimentos macabros - ou o elenco das produções acaba amaldiçoado. E isso torna o mito em torno de cada título mais amedrontador ainda. 

Curiosamente, alguns dos maiores clássicos de terror acabaram incluídos nessa leva que chegou a ser afetada fora da tela com situações sinistras e não solucionadas até hoje.  Por isso, aproveitando o clima de Halloween, listamos alguns filmes em que o terror saiu das telas e afetou os bastidores; confira: 

1. Poltergeist - O Fenômeno (1982) 

O elenco de um dos grandes clássicos do terror, Poltergeist - O Fenômeno, do diretor Steven Spielberg, sofreu com mortes repentinas e trágicas. 

A atriz Heather O'Rourke, que interpretou a garotinha Carol na trilogia, morreu com apenas 12 anos de parada cardíaca logo após finalizar as gravações do terceiro filme. E, durante as filmagens de Poltergeist II: O Outro Lado (1986), o ator Julian Beck também faleceu. 

Dominique Dunne, atriz que interpretou Dana, irmã de Carol e uma das filhas do casal no primeiro filme, também morreu cedo e de forma brutal: ela foi estrangulada pelo primeiro namorado, aos 22 anos.


2. O Bebê de Rosemary (1968)

O filme do diretor Roman Polanski, O Bebê de Rosemary, é associado à tragédia da família do cineasta. No ano seguinte ao lançamento do longa, Sharon Tate, sua esposa grávida foi assassinada por integrantes da seita de Charles Manson

Krzysztof Komeda, compositor da trilha original, sofreu um acidente no mesmo ano e faleceu. Já o produtor William Castle teve um problema grave de pedras nos rins e, enquanto estava internado no hospital, gritava repetidamente a fala do filme: "Rosemary, pelo amor de Deus, solte a faca."


3. O Exorcista (1973)

Provavelmente, o filme mais assustador do cinema, O Exorcista lidou com inúmeros acontecimentos inexplicáveis no set de filmagens e bastidores. 

Primeiro, as atrizes Linda Blair, que interpretou a menina possuída Regan, e Ellen Burstyn, sofreram lesões graves na coluna após gravarem cenas em que houve falhas mecânicas que as machucaram. 

Depois, o ator Jack MacGrowan morreu de pneumonia uma semana após gravar a cena em que era arremessado de uma janela, e Paul Bateson, que fez figuração no filme, foi condenado à prisão pelo assassinato do jornalista Addison Verrill e de outras vítimas. E não para por aí: o funcionário que vigiava o set de madrugada foi morto a tiros durante o turno.

Outro acontecimento: Houve um incêndio - que dizem ter começado devido a um curto-circuito em uma torradeira - destruiu boa parte do cenário do filme, que precisou ser reconstruído. Somente o quarto da garota possuída ficou intacto. 

Ao todo, nove pessoas ligadas ao O Exorcista morreram. 


4. O Corvo (1994)

A recente tragédia nas gravações do filme Rust, em que o ator Alec Baldwin matou acidentalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins com uma arma cenográfica, já tinha acontecido de forma semelhante em O Corvo

Durante as filmagens, o ator Brandon Lee, filho de Bruce Lee, foi baleado - também acidentalmente - e acabou morrendo aos 28 anos. O revólver usado para atirar no ator deveria estar carregado de festim, como é o habitual, mas por descuido da produção havia uma única bala de verdade no cartucho, e atingiu o abdômen do ator quando disparado. 


5. O Exorcismo de Emily Rose (2005)

O Exorcismo de Emily Rose também apresenta acontecimentos macabros que envolvem a produção. A protagonista do filme, Jennifer Carpenter, disse que o rádio de seu quarto de hotel ficava ligando e desligando sozinho, e sempre tocava a música "Alive", do Pearl Jam, bem no momento em que Eddie Vedder canta: 'I'm still alive' [Eu ainda estou vivo].

E, para tornar a situação mais assustadora, todos os rádios dos quartos do hotel apresentavam o mesmo defeito e tocavam a mesma música. Sinistro. 

As informações são dos sites Esquire, Complex eVanity Fair