Hamilton de Holanda e Céu são destaque no Grammy Latino

Elza Soares, Paula Fernandes e Djavan também estão entre os premiados

Redação Publicado em 18/11/2016, às 15h09 - Atualizado em 21/11/2016, às 11h53

A cantora Céu

Ver Galeria
(3 imagens)

Na última quinta, 17, aconteceu a 17ª premiação do Grammy Latino, em Las Vegas. Nas categorias mistas, Hamilton de Holanda se destacou e levou o prêmio por Música Instrumental pelo disco Samba de Chico, na categoria Álbum de Música Urbana, na qual Emicida concorria com Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos E Lições De Casa…, a gravação de Energía, de J.Balvin, levou a melhor.

Nas categorias dedicadas exclusivamente à música brasileira, o álbum Tropix, de Céu, levou as estatuetas de Álbum Pop Contemporâneo e Melhor Engenharia de Som. A veterana Elza Soares ganhou o Grammy de Melhor Álbum de MPB por A Mulher do Fim do Mundo.

Ian Ramil e a banda Scalene, atração do Rolling Stone Festival, dividiram o prêmio de Melhor Álbum de Rock em Português por Derivacivilização e Éter, respectivamente. Martinho da Vila venceu na categoria Álbum de Samba/Pagode com De Bem Com a Vida e a canção “Vidas Pra Contar” deu o título de Melhor Música em Português a Djavan. Paula Fernandes levou a estatueta de Melhor Álbum de Música Sertaneja por Amanhecer. O melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras foi para AR, de Almir Sater e Renato Teixeira.

Veja a lista completa de vencedores no site do Grammy Latino.