Hank Williams Jr. ataca Obama: “Muçulmano que odeia o país”

Músico se exaltou enquanto fazia apresentação no estado norte-americano de Iowa

Redação Publicado em 21/08/2012, às 12h24 - Atualizado às 12h54

Hank Williams Jr
Divulgação / Site Oficial

Mais um nome do mundo da música se envolveu nas campanhas presidenciais dos Estados Unidos de forma polêmica. Desta vez, foi Hank Williams Jr. que se pronunciou, durante show no estado de Iowa. O jornal local Metromix relatou que quando a plateia começou a exaltar o nome do país, o músico declarou: “Nós temos um presidente muçulmano que odeia fazendas, odeia militares, odeia o país e nós o odiamos”.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A declaração do filho de Hank Williams foi feita poucos dias após outro cantor, o líder do Megadeth Dave Mustaine, afirmar durante apresentação que Obama está por trás do massacre no cinema do Colorado (saiba mais nos links relacionados abaixo).

Um porta-voz da campanha de Obama no Iowa se pronunciou sobre a acusação do músico: “Este tipo de absurdo nonsense não merece uma resposta”.

Williams já havia se envolvido em polêmica em torno do presidente dos Estados Unidos em outubro passado, quando foi demitido do canal ESPN após compará-lo a Adolf Hitler. Posteriormente, ele chegou a se desculpar do que chamou de “analogia extrema”.