A Pedra Filosofal: 7 detalhes que você certamente não sabia sobre a primeira aventura de Harry Potter

Computação gráfica e professor campeão de Quadribol, veja curiosidades do roteiro e técnicas que passaram despercebidas no primeiro filme da franquia

Camilla Millan Publicado em 04/01/2020, às 13h00

None
Harry Potter e a Pedra Filosofal (Foto: reprodução)

Em 2001, Harry Potter e a Pedra Filosofal chegava às telonas para dar início a uma cultura mágica do audiovisual. É no primeiro longa da franquia que o órfão Harry Potter (Daniel Radcliffe) e seus amigos Hermione Granger (Emma Watson) e Rony Weasley (Rupert Grint) - assim como todos os outros personagens - foram apresentados e fizeram uma multidão se apaixonar.

+++ LEIA MAIS: Qual é o grau de parentesco de Harry Potter e Voldemort? J.K. Rowling explica

O ineditismo das poções, feitiços e do mundo bruxo apresentado em A Pedra Filosofal realmente deixaram os espectadores admirados, fazendo até com que muitos detalhes do longa passassem despercebidos.  

Aspectos técnicos do filme, como a computação gráfica mista, assim como particularidades de roteiro não receberam tanta atenção quanto a magia do longa.

Com isso em mente, selecionamos 10 detalhes escondidos de Harry Potter e a Pedra Filosofal.

+++ LEIA MAIS: Elenco de Harry Potter comenta possibilidades de reviver personagens da saga

Técnicas mistas de efeitos visuais

O cenário do longa é entrelaçado à computação gráfica - muitas vezes mal feita - em diversas partes do filme. O jogo de quadribol é um dos exemplos, já que os personagens nas vassouras foram filmados de verdade (com o auxílio da edição na pós-produção), enquanto as acrobacias dos goleiros foram totalmente feitas no computador, mistura que visualmente não costuma ser agradável.


Sucesso no Quadribol

O esporte é introduzido no início da franquia, principalmente quando a professora Minerva McGonagall percebe o talento de Potter quando o protagonista sobe na vassoura para pegar o Lembrol de Neville Longbottom. O que passou despercebido foi o fato da professora ser uma campeã no jogo. 

+++ LEIA MAIS: Ator de Harry Potter anuncia novo filme da saga - mas era uma mentira por uma boa causa

Em uma cena na qual Potter está nervoso, ele é levado para ver um antigo troféu da escola que mostra o talento do pai dele, James, no esporte. No entanto, ao lado da medalha do pai de Harry, o nome de McGonagall aparece, assim como o do diretor de arte do longa John King.


O Lembrol

Quando Neville recebe o Lembrol como presente da avó dele, o personagem embarca em uma busca por lembrar das coisas que havia esquecido. No entanto, o enquadramento da cena é, no mínimo, bem estratégico, já que mostra todos os estudantes vestidos com túnicas pretas, menos o próprio Neville.

+++ LEIA MAIS: Bruxos no dentista? 9 questões mal resolvidas do universo de Harry Potter [LISTA]


Mudança de nome e refilmagens

Fazer refilmagens em filmes pode ser uma dor de cabeça, e em Pedra Filosofal certamente não foi diferente. E um dos motivos para isso, por exemplo, é que inicialmente, mesmo após o início das filmagens, o longa se chamaria Pedra Feiticeira.

No entanto, os produtores decidiram um tempo depois que o título seria mantido o mesmo do livro, para não causar confusões, e cenas nas quais o nome da pedra era falado precisaram ser filmadas novamente.


Leis de trabalho infantil

Como os três atores principais eram crianças na época das filmagens, a produção precisou seguir com muito cuidado e atenção as leis de trabalhho infantil.

Com isso, Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint podiam ficar nos estúdios apenas nove horas por dia, e uma delas devia ser reservada para almoço. Além disso, a cada hora era necessário um intervalo de 15 minutos. Tais regras fizeram com que as gravações levassem (muito) mais tempo.

+++ LEIA MAIS: Harry Potter: teoria diz que Rony e Dumbledore são a mesma pessoa; entenda


Olhos verdes ou azuis?

No livro, Harry Potter é um garoto de olhos verdes, mas Radcliffe , diferente do personagem, tem olhos azuis. Tal diferença seria arrumada com lentes de contato, mas o ator teve uma reação alérgica a elas, o que levou os produtores a aceitarem essa mudança na cor para o conforto e bem estar do astro.


Apanhador

Quando Oliver Wood ensina Harry Potter sobre as posições dos jogadores e as respectivas funções no Quadribol, o veterano mostra ao menino o pomo de ouro. E essa cena revela um detalhe que com certeza passou despercebido por muita gente.

Enquanto a pequena bola dourado voa de um lado para o outro, Potter a rastreia com os olhos com exatidão, enquanto Wood , por sua vez, parece ter dificuldades em acompanhar o rápido movimento do objeto mágico.

Tal detalhe já evidencia o talento do personagem para a função que viria a ocupar nos jogos, a de apanhador, assim como o grau de dificuldade de ocupar essa posição. 


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'