Hayley Williams fala sobre depressão: ‘Meus cachorros são a razão de eu estar viva’

A vocalista do Paramore prepara-se para lançar Petals for Armor, primeiro disco solo

Redação Publicado em 04/02/2020, às 16h22

None
Hayley Williams é a líder e vocalista do Paramore. (Foto: Legacy)

Em nova entrevista com Zane Lowe,Hayley Williams, do Paramore, falou sobre sua estreia solo, depressão e a adoração que tem pela Billie Eilish

Williams acabou chorando enquanto falava sobre os pensamentos suicidas que a atormentavam durante a gravação de After Laughter, disco de 2017 do Paramore. “Meu cachorro é a única razão de eu estar viva,” explicou.

+++ LEIA MAIS: Hayley Williams fala sobre futuro de Paramore: "não sei realmente o que está por vir"

“Ele sempre estaria me esperando em casa, não importa o que acontecesse. Sabe como cachorrinhos fofinhos sentam e esperam? Eu não podia pensar nisso… Wow, nunca chorei em uma entrevista antes.”

Williams conseguiu melhorar um pouco, mas não superou completamente a depressão: “A vida é difícil. Não ficou fácil da noite para o dia, nem nada assim; faz anos, e ainda não é fácil, mas é ótimo que agora percebo todos esses sentimentos e sentindo-os, existe um lindo arco-íris, agora, e não mais só o fundo do poço.”

+++ LEIA MAIS: Playlist: 17 músicas que todo emo dos anos 2000 ouviu até cansar

A cantora também falou sobre o seu respeito por Billie Eilish. “Tivemos uma prévia do que é a cultura da internet agora, e a vida acelerada que os artistas vivem agora,” disse sobre o Paramore, formado em 2004. “Se eu fosse a Billie Eilish - e sei que ela está num foguete que subiu muito mais do que eu jamais sonharia para o Paramore - se fosse eu, estaria louca e [com dificuldades]. Fico muito feliz que tenha alguém como ela tem uma família ótima para apoiar.”

Williams anunciou recenetemente seu primeiro disco solo, Petals for Armor, com estreia para o dia 8 de maio. Lançou dois singles - “Simmer” and “Leave It Alone” - ambos acompanhados por clipes dirigidos por Warren Fu. “É a ideia de que ser vulnerável é um escudo,” disse a Lowe sobre o LP. “Porque de que outra maneira você poderia ser um ser humano que, inevitavelmente, vai f*der as coisas e tropeçar um milhão de vezes? Temos medos de sermos cancelados ou só de parecermos idiotas?”