Hayley Williams ainda vê futuro no Paramore

"Eu não gostaria de ter que enviar um comunicado à imprensa para falar do nosso fim", diz a artista

Redação Publicado em 20/03/2019, às 18h43

None
Hayley Willams (Foto: Amy Harris / Invision / AP)

Desde o fim de 2018, os fãs de Paramore vivem na incerteza de saber se a banda voltará a ativa. Naquele ano, Hayley Williams publicou um comunicado no qual informava que deixaria um pouco a cena - e as redes sociais - para se dedicar a outros temas e questões pessoais. 

Essa foi a segunda vez que o grupo colocou os fãs em modo de espera. Em 2015, o grupo indicou um hiato e perdeu o baixista Jeremy Davis. Ao retornar, em 2017, chegaram com o retorno de Zac Farro nas baquetas e o disco After Laughter.

O trabalho, aliás, trazia muitas experiências sonoras, com letras que tratavam de problemas de adaptação social e ansiedade.

Agora, ainda entre tantas interrogações sobre o futuro do Paramore, Hayley discutiu seus planos de futuro e revelou que se vê na banda por muito tempo ainda. 

''Quando éramos mais novos, nunca tínhamos visto ou ouvido falar de algumas oportunidades'', lembra Williams sobre os primeiros dias da banda. ''Metade foi curiosidade e a outra metade surpresa, foi como 'vamos tentar e ver como é essa experiência'. E obviamente, queríamos que a banda tivesse sucesso. Mas eu nem sei se realmente entendíamos o conceito de sucesso''.

Willams também esclareceu que "se nós três somos felizes, então vamos fazer o que quisermos se isso significar colaborar uns com os outros e trazer outros amigos para colaborar também - há sete membros da banda quando estamos em turnê''.

Ela completa: ''Somos todos amigos e fazemos música em diferentes funções, mas juntos. Então, eu sinto que sim, eu quero estar no Paramore''. 

"Eu nunca quero ter que soltar um comunicado de imprensa dizendo que acabamos, que eu tenha desistido ou que estamos em hiato. Isso é essencialmente uma jogada de marketing nos dias de hoje. Eu prefiro apenas ser. Eu estou em uma banda com eles desde os 12 anos; eu não acho que a banda esteja indo a lugar algum. Enquanto somos amigos, a banda simplesmente existe.''