Hellboy decepciona críticos e estreia como fracasso de bilheteria

Terceira adaptação de HQ não impressionou nem fãs e nem especialistas

Redação Publicado em 15/04/2019, às 15h28

None
Hellboy (Foto: Reprodução)

A nova adaptação de Hellboy chegou aos cinemas sem muito estrondo. O filme estreou neste final de semana nos Estados Unidos, e teve uma arrecadação fraquíssima nas bilheterias.

O valor previsto de vendas de ingressos orbitava entre US$ 16 milhões e US$ 20 milhões; a quantia real não passou de US$ 12 milhões. Não chega a cobrir nem 25% do orçamento de US$ 50 milhões usado para a produção do longa.

As críticas de portais americanos à Hellboy são extremamente negativas. A Forbes disse que “esse reboot nunca seria grande coisa” porque “ninguém queria ele”, e a NME o descreveu como “um filme sem deus, conjurado diretamente das profundezas do inferno”. No Rotten Tomatoes, nota dada pelos espectadores, o filme tem apenas 15% de reviews positivas.

O novo Hellboyé a terceira tentativa de adaptação da HQ de Mike Mignola. A direção passou da mão de Guillermo Del Toro (A Forma da Água)  para Neil Marshall (Abismo do Medo), e a estrela do filme não é mais Ron Perlman(Sons of Anarchy), e sim David Harbour (Stranger Things), mas a nova cara não impressionou: em contrapartida dos US$ 12 milhões da produção de 2019, Hellboy(2004) arrecadou US$ 99 milhões, e Hellboy II(2008), US$ 160 milhões.  

Enquanto Hellboy luta para cobrir o preço de seu orçamento, Shazam estreou com maestria e lidera as bilheterias atuais. Em sua semana de estreia, arrecadou US$ 53,4 milhões nos EUA e US$ 158,7 milhões no mundo, cobrindo seu orçamento de US$ 100 milhões. 

Hellboy estreia nos cinemas brasileiros nesta terça, 16.