Pulse

BTS e Taylor Swift fazem o pop superar o hip-hop nas paradas de 2019; entenda

Uma análise dos Top 10 da Billboard revelou a ascensão do pop, enquanto o hip-hop apenas cai

Redação Publicado em 26/08/2019, às 19h43

None
BTS (Foto: Divulgação)

As músicas que chegam ao Top 10 na Billboard Hot 100 regem as preferências musicais do ano. Em 2019, o que os números mostraram foi a evidente queda das canções de hip-hop chegando nas paradas. 

+++LEIA MAIS: Shallow bate recorde de música autoral que ficou o maior tempo na Billboard Hot 100

Os dados - muito diferentes do ano passado - são do "The State of the Hot 100 Top Ten", uma análise trimestral das tendências da indústria e composição musical, realizada pelos analistas da Hit Songs Deconstructed

O estudo tem que ser analisado com certa cautela, já que leva em consideração apenas um elemento do ranking. No entanto, a queda do hip-hop é evidente. No segundo trimestre de 2019, o gênero representou 34% das canções no Top 10, enquanto, no mesmo período do ano passado, esse número era praticamente o dobro: 60%.

Pois é, enquanto os números do hip-hop despencam, aumentou em 49% a porcentagem de recém-chegados do pop. Um dos motivos certamente foram as duas novas músicas da Taylor Swift, um trabalho do BTS, além de uma canção da cantora Ava Max.

No entanto, na mesma época, importantes nomes fortaleceram a cena hip-hop, com Drake e Khalid. E não podemos esquecer do hit que reinou no 2º trimestre: “Old Town Road", de Lil Nas X. A música ficou no Top 10 por 12 semanas, ocupando a 1º posição praticamente no trimestre inteiro. 

+++LEIA MAIS: Lil Nas X, Billie Eilish, Ariana Grande e indicados ao VMA viram capas de HQs

E, em boa companhia, "Old Town Road" compartilhou o Top 10 com "Talk," do Khalid, e "Dancing With a Stranger," de Sam Smith e Normani

Curiosamente, as canções que alcançaram as 10 primeiras posições no ranking variaram muito nesse período. Além disso, segundo o estudo, elas eram mais "felizes".

Foram 15 recém-chegados no trimestre, sendo 60% cantores homens, 20% cantoras mulheres e 20% misturados. Os nomes incluem “Old Town Road,” “Bad Guy,” de Billie Eilish, “I Don’t Care,” de Justin Bieber e Ed Sheeran e “If I Can’t Have You,” de Shawn Mendes

Em relação ao gênero musical, além dos 53% de pop e 27% de hip-hop/rap, 20% era R&B; todas com uma duração média de 3 minutos e 20 segundos. 

O Top 10 do trimestre contou com 32 artistas, 110 compositores e 43 produtores, mas apenas 8 gravadoras. Além disso 6 compositores tiveram mais de uma nova música no ranking, entre eles Drake, Khalid e Taylor Swift

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos