A história da língua símbolo dos Rolling Stones

O logo icônico foi criado há 50 anos - e tinha um objetivo bem específico

Redação Publicado em 17/04/2020, às 18h37

None
Logo Rolling Stones (Foto: Reprodução)

Símbolo dos Rolling Stones, a icônica boca com a língua para fora virou uma arte que pode ser encontrada em diversos objetos e roupas - e apesar das teorias que envolvem o logotipo, ele foi pensando justamente com o intuito comercial. 

+++ LEIA MAIS: Jimmy Page tocou em músicas dos Rolling Stones antes e depois do Led Zeppelin

Segundo o Grunge, o design foi criado há mais de 50 anos por John Pasche, na época mestrando no Royal College of Art, em Londres. Segundo o artista, a história do logo começou quando foi abordado pelo escritório dos Rolling Stones para fazer um cartaz para a próxima turnê da banda. 

Em entrevista ao New York Times, Pasche revelou que o primeiro rascunho foi imediatamente recusado, mas o segundo foi um sucesso para os Rolling Stones. Pouco tempo depois, em abril de 1970, os músicos pediram a ele uma outra arte: "Um logotipo ou símbolo que pudesse ser usado no papel de nota, como capa de programa e capa do caderno de imprensa”. 

+++ LEIA MAIS: Médicos, monitor cardíaco e desfibrilador: os bastidores dos cuidados de Mick Jagger na turnê dos Rolling Stones

Assim, o logotipo conhecido dos lábios com a língua foi criado, e os Stones gostaram tanto que ao invés das 50 libras combinadas inicialmente, acrescentaram 200 libras no pagamento de Pasche

Segundo a banda, o logo representaria “ a atitude anti-autoritária da banda, a boca de Mick Jagger e as óbvias conotações sexuais", mas Pasche já revelou que as imagens eram inconscientes e o desing foi feito com um único objetivo: ficar bonito em mercadorias.

+++LEIA MAIS: Como o disco de estreia dos Rolling Stones, lançado em 1964, inovou o rock


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA