A história de 'Blowin' in the Wind': Bob Dylan escreveu o clássico em 10 minutos; conheça

Em poucos minutos, o ícone folk escreveu uma das maiores canções de protesto de todos os tempos

Redação Publicado em 10/07/2020, às 12h28

None
Bob Dylan (Foto: Landmark / MediaPunch / IPX)

“Blowin’ In The Wind” é um dos grandes clássicos de Bob Dylan e uma das maiores canções de protestos de todos os tempos, segundo o Far Out Magazine. E, curiosamente, o músico só levou 10 minutos para compô-la. 

Na verdade, Dylan não escreveu a canção como uma forma de protesto. Na primeira apresentação da música, em 1962, o cantor disse: “Isso aqui não é uma música de protesto ou qualquer coisa do tipo".

+++ LEIA MAIS: Os Beatles fizeram um cover de Bob Dylan durante as gravações de 'Let It Be'; ouça

Contudo, a mentalidade o ícone folk mudou após se relacionar com a ativista Suze Rotolo e, quando músico gravou “Blowin’ In The Wind”, a música ganhou um novo significado para o músico. 

Ainda em 1962, Dylandisse: “Não posso dizer muita coisa sobre a canção, exceto que a resposta está soprando no vento. Não está em um livro ou um filme ou um programa de televisão ou um grupo de discussão. Cara, está no vento”.

+++LEIA MAIS: Bob Dylan mostra pessimismo em nova e rara entrevista: ‘Na beira da destruição’

O cantor, que assumiu de vez o compromisso de fazer canções com mensagens poderosas, continuou: “Muitas dessas pessoas descoladas estão me dizendo onde está a resposta, mas eu não acredito nisso [...] Eu continuo dizendo que está no vento e como um pedaço de papel inquieto que tem que descer. Mas o único problema é que ninguém pega a resposta quando ela cai para que muitas pessoa não vejam… e então ela voa para longe”.

Ouça “Blowin’ In The Wind”:


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO