A história de quando John Lennon e Paul McCartney quase tiveram uma reunião inédita dos Beatles na TV em 1976

A dupla icônica do Fab Four quase aceitou uma proposta para aparecer no Saturday Night Live

Redação Publicado em 14/09/2020, às 08h54

None
Paul Mccartney e John Lennon (Foto: Dalmas Sipa Press / AP Images)

Em 1976, John Lennon e Paul McCartney quase fizeram uma reunião dos Beatles em um programa de televisão. Contudo, os músicos acabaram decidindo poupar a mundo da música de mais um evento histórico. 

De acordo com o Far Out Magazine, tudo começou com um quadro do então recém-lançado Saturday Night Live. O produtor Lorne Michaels tentou fazer algo que ninguém tinha conseguido fazer após o fim do Fab Four: juntar novamente os integrantes do quarteto inglês para tocar três músicas.

“No meu livro, os Beatles são a melhor coisa que já aconteceu para música. E vai além disso, vocês não são apenas um grupo musical, vocês são parte de nós. Crescemos com vocês”, começou a dizer o apresentador. 

+++LEIA MAIS: O último encontro entre John Lennon e Paul McCartney

Claro, o ousado plano dele não envolvia apenas pedir encarecidamente para os astros do rock atenderem o pedido dele - e, provavelmente, de inúmeros espectadores que assistiam o programa.

“Nós ouvimos e lemos muito sobre os conflitos legais e de personalidade que impediram vocês de se reunirem [...] Também foi dito que ninguém conseguiu juntar dinheiro suficiente para satisfazer vocês. Bom, se é dinheiro que vocês querem, não tem problema aqui.”

Michaels continuou e anunciou que rede National Broadcasting Company ofereceu um cheque de US$ 3.000 para o quarteto inglês. “‘She Loves You’ yeah yeah yeah, isso é US$ 1.000 bem aqui. Vocês sabem as palavras. Vai ser fácil. Como eu disse, isso foi feito para os Beatles . Vocês podem dividir como quiserem”.

+++ LEIA MAIS: 52 anos de 'Hey Jude': Relembre a história de um dos maiores hits dos Beatles

O que o produtor não sabia era que Lennone McCartney assistiam o programa naquele momento e estavam menos de dois quilômetros do estúdio. A dupla icônica estava no apartamento de Lennon e realmente cogitou em aceitar a proposta do programa.

“Nós estávamos assistindo isso e quase fomos até o estúdio. Nós quase entramos em um táxi”, disse Lennon, em 1980. “[Paul] e eu estávamos apenas sentados assistindo o programa e dissemos: ‘Não seria engraçado se fôssemos lá?”. 

Mais tarde, McCartney reafirmou a fala do amigo e contou: “John disse: ‘Nós deveríamos ir lá, apenas eu e você. Só tem dois de nós, então pegamos metade do dinheiro’”.  

Contudo, os músicos mudaram de ideia e decidiram não aceitar a proposta da emissora. “Teria sido trabalhoso e nós estávamos tendo uma noite de folga, então escolhemos não ir. Era uma boa ideia - nós quase fizemos isso”, contou McCartney.


+++ BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'