“Hoje viajou um dos maiores artistas de todos os tempos”, diz Alceu Valença sobre Naná Vasconcelos

Gilberto Gil, Pitty, Fred Zero Quatro e Emicida, entre outros, lamentaram a morte do consagrado percussionista pernambucano

Redação Publicado em 09/03/2016, às 12h35 - Atualizado às 12h43

Alceu Valença e Naná Vasconcelos em foto publicado pelo cantor no Facebook

Ver Galeria
(2 imagens)

Morreu na manhã desta quarta-feira, 9, o consagrado percussionista pernambucano Naná Vasconcelos. Após a notícia se espalhar, alguns parceiros de profissão, colaboradores, amigos e artistas se pronunciaram publicamente sobre a morte de um dos maiores nomes da percussão em todos os tempos.

“Hoje viajou um dos maiores artistas e percussionistas de todos os tempos: Naná pernambucano, brasileiro, africano, universal!”, escreveu o conterrâneo dele, Alceu Valença, no Facebook. “Naná do bombo, agogô, maracatu, do berimbau. Naná do compromisso com a cultura, Naná do carnaval. Naná da música popular, do jazz, do erudito, dos gritos sonoros, do ‘perequetê, perequetê, perequetê’ que ficarão nos corações e nos ouvidos de todos nós!”

O jornalista e escritor Xico Sá, no Twitter, disse que Vasconcelos era “o maior músico brasileiro”, enquanto o também escritor Antonio Prata provocou: “Se o Naná Vasconcelos fosse [norte-] americano o Brasil estaria de luto.”

O rapper Emicida, que assim como Vasconcelos contribuiu com a trilha sonora da animação brasileira indicada ao Oscar O Menino e o Mundo, publicou alguns corações ao lado do nome do percussionista. “Descanse em paz grande Naná Vasconcelos”, escreveu ele. “Obrigado por compartilhar seus sons conosco! Dia triste para a música.”

Colaborador de Vasconcelos, o líder do Mundo Livre S/A, Fred Zero Quatro, afirmou que “a música brasileira perde muito de seu brilho e originalidade”. “Descansa em paz, Naná. Meus sentimentos a todos os parentes, muita luz e coragem nesse momento”, escreveu ele.

O ator Lazaro Ramos publicou uma foto do percussionista no Instagram e escreveu um pequeno tributo ao músico. “Hoje foi embora Naná Vasconcelos! Sempre ouvi falar desse mito, até que no início do ano 2000 consegui ver uma performance dele no PercPan, festival de percussão! Fiquei encantado e compreendi o tamanho daquele mestre das artes! Obrigado pelo legado, mestre!”

Naná Vasconcelos também foi lembrado pelo apresentador Serginho Groisman, no Twitter. “Um dos maiores percussionistas do mundo com uma obra genial”, homenageou ele. A cantora Pitty também foi à rede social, escrevendo: “Que coisa linda é a obra e o talento de Mestre Naná.... obrigada, siga em paz.”

Um dos tributos mais emblemáticos publicados nas redes sociais foi o de Gilberto Gil, que também colaborou com Vasconcelos algumas vezes durante a carreira. O cantor e compositor resgatou uma foto antiga ao lado do pernambucano, com uma frase atribuída a Vasconcelos e o recado de “Descanse em paz, querido.”

Veja abaixo.