Homem de Ferro em Viúva Negra? Robert Downey Jr. quase participou do filme; entenda

O escritor Eric Pearson revelou como seria a cena do Homem de Ferro em Viúva Negra

Julia Harumi Morita Publicado em 16/07/2021, às 10h14

None
Scarlett Johansson e Robert Downey Jr. no MCU (Foto: Reprodução)

Viúva Negra (2021) quase contou com a participação de Robert Downey Jr, o Homem de Ferro no MCU, de acordo com o escritor do longa-metragem Eric Pearson. Porém, a aparição do herói foi cortada nas primeiras versões do roteiro. (Via Entertainment Weekly)

Em 2019, surgiram rumores sobre Tony Stark aparecer novamente no MCU após a morte dele em Vingadores: Ultimato(2019). Os fãs sabiam que o filme solo de Viúva Negra retomaria os eventos de Capitão América: Guerra Civil(2016), então passaram a torcer pelos boatos.

+++ LEIA MAIS: 8 referências fora do MCU em Viúva Negra: 007 - Aventura no Espaço, tatuagens do Guardião Vermelho e mais [LISTA]

Imagens do ator brasileiro Murilo Benício chegaram a circular na web como a suposta participação de Downey Jr. e, em 2020, Scarlett Johansson aumentou as suspeitas dos fãs ao evitar falar sobre a suposta cena especial.

O ator, de fato, foi mencionado no roteiro de Viúva Negra, revelou Pearsons em entrevista ao ComicBook.com. "Eu me lembro agora de uma versão do roteiro, antes de mim, literalmente tinha o momento final da Guerra Civil com Tony e Natasha."

+++ LEIA MAIS: 7 Easter eggs de Viúva Negra: Uniforme branco de Natasha Romanoff, golpes de Treinador e mais [LISTA]

Na cena, o personagem de Downey Jr. encontraria Natasha Romanoff após a batalha do aeroporto e diria: "Não sou eu que preciso cuidar deles."

Contudo, a cena foi excluída do roteiro por não acrescentar nenhuma novidade para a narrativa de Natasha. No lugar do herói, a produção colocou Thaddeus Ross (William Hurt) para procurar a Vingadora por causa do Acordo de Sokovia.

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra até destaca Natasha Romanoff, mas ainda não é suficiente para legado da heroína da Marvel [REVIEW]

“Foi a única vez que vi o nome de Tony Stark [no roteiro], e foi apenas uma espécie de lembrete plantado na bandeira - como: 'Ei, estamos bem no final da Guerra Civil,'” completou Pearsons.


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL